O 2º Fórum Social Mundial (FSM) da Serra Gaúcha realizado no último final de semana em Bento Gonçalves, cumpriu com o objetivo central de debater os passos para chegar a um modelo alternativo e sustentável de desenvolvimento regional.
Mais de 1.200 mil pessoas participaram das atividades realizadas na Casa das Artes, Ginásio Municipal, nos diversos eixos temáticos que discutiram temas como participação popular e cidadania, saúde, diversidade religiosa e de gênero, meio ambiente entre outros.
O 2º FSM-Serra Gaúcha desenvolveu-se num processo que durou 07 meses, tendo dado início às suas atividades com a realização da Assembleia dos Movimentos Sociais em maio deste ano na sede social do SITRACOM, em Bento Gonçalves, com a participação de 120 lideranças de 50 movimentos sociais de 12 cidades da região que aprovaram o tema central do Fórum “Outro modelo de desenvolvimentos é possível! Que Serra Gaúcha Queremos”, os temas transversais “Sustentabilidade e Meio Ambiente”, os 11 eixos temáticos e um calendário de realização que desenvolveu a 2 edição em etapa l e etapa regional.
A partir do tema central “Outro Modelo de Desenvolvimento é Possível! Que Serra Gaúcha Queremos”. Sustentabilidade e Meio Ambiente, inúmeras reuniões do comitê organizador se realizaram para desenvolver o processo do Fórum.
Na etapa municipal atividades organizadas pelos eixos temáticos ocorreram nas cidades de Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Antônio Prado, Garibaldi, Ipê, Farroupilha, entre outras, e a etapa regional que aconteceu no último final de semana em Bento Gonçalves.
Neste novo processo de organização do 2º Fórum envolveram-se mais de 4 mil pessoas em todas as suas atividades desde as etapas municipais até a etapa Regional em Bento nos dias 04,05 e 06 deste ano, superando o 1º Fórum que envolveu cerca de 2.500 pessoas e realizou apenas a etapa regional.
Na Etapa Regional do 2º Fórum participaram cerca de 1.200 mil pessoas de diversos movimentos sociais da região, autoridades regionais, nacionais e internacionais.
Toda a programação esteve centrada na carta de princípios aprovada no 1º Fórum e no tema central “Outro Modelo de Desenvolvimento é possível que Serra Gaúcha Queremos. Sustentabilidade e Meio Ambiente”.
A programação da etapa regional foi diversificada contando com a Abertura Oficial, Feira Regional da Economia Solidária, Acampamento da Juventude no dia 04.11.11(sexta), a Marcha dos Movimentos Sociais, a Conferência principal e os Eixos Temáticos ocorreram no dia 05.11.11 (sábado), oficinas, encerramento e inauguração do Monumento ao Fórum Social Mundial da Serra Gaúcha, além de diversas atrações culturais.
A Conferência Principal teve a abertura com o ex-governador Olívio Dutra e o prefeito de Bento Roberto Lunelli. A conferência centrou seu debate no “Modelo de Desenvolvimento” e trouxe o historiador Roberto do Nascimento que abordou a história do desenvolvimento regional da Serra. O depurado federal Pepe Vargas (PT/RS) focou sua análise nos pressupostos políticos para o desenvolvimento regional e o secretário regional da Federação dos Trabalhadores Têxteis do Equador,Fabiam Mello apontou os princípios para “Um Outro Modelo é Possível”.
O Comitê Organizador do 2º FSM-Serra Gaúcha está sistematizando as discussões e debates realizados nos 11 eixos temáticos, acampamento da Juventude, Conferência Municipal e até Dezembro de 2011 divulgará a Carta de Princípios atualizada do 2º fórum com os debates desta 2º Edição.
Fonte: Comitê Organizador do 2º Fórum Social Mundial da Serra Gaúcha.

Continue lendo outras notícias e artigos.

Receba novidades por e-mail

Oportunidades de emprego, promoções de produtos e novidades da Unisol Brasil por e-mail.

    Solicite uma Assessoria

    Queremos que seu empreendimento solidário consiga prosperar coletivamente em sua comunidade

    Enviar mensagem no WhatsApp