Agricultores Familiares de Pernambuco discutem criação de Cooperativa

Foto: Divulgação.


Os agricultores familiares que participam do Projeto Pais (Produção Agroecológica Integrada e Sustentável), na região de Suape, em Pernambuco, estão ampliando a discussão sobre comercialização e criação de uma cooperativa. O projeto tem parceria da Assocene (Associação de Orientação às Cooperativas do Nordeste), Fundação Banco do Brasil e BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).
Convidados pela Assocene, dirigentes da Cooperativa Rede Terra, filiada à UNISOL Brasil, estão acompanhando e transferindo metodologias para o estimulo à criação da cooperativa em Pernambuco. “Estamos felizes em poder ajudar os agricultores familiares de Pernambuco na criação da  cooperativa. Estamos retribuindo a solidariedade cooperativista que tivemos quando criamos a nossa”, disse Levi Cerqueira, presidente da Cooperativa Rede Terra.
Até agora, foram realizadas mais de 50 reuniões em assentamentos da reforma agrária e em comunidades tradicionais, momentos em que são discutidos com os participantes do Pais a oportunidades que terão a partir da criação de uma cooperativa.
Paralelo a esta mobilização local, há um trabalho de sensibilização dos gestores públicos municipais e sindicatos de trabalhadores rurais da região. Neste momento, a mobilização se concentra em nove cidades pernambucanas: Ipojuca, São José da Coroa Grande, Sirinhaém, Barreiros, Cabo de Santo Agostinho, Escada, Moreno, Rio Formoso e Tamandaré.
A notícia que mais empolga os agricultores familiares em relação a comercialização são as compras governamentais por meio do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) e do Pnae (Programa Nacional de Alimentação Escolar). Há expectativa também para o fornecimento de alimentos aos restaurantes do complexo industrial de Suape.

Foto:Divulgação.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM