Agricultura Familiar contrata 5,36 bi do Pronaf em 2 meses

Setor é responsável por mais de 4,3 milhões de unidades produtivas, que correspondem a 84% de estabelecimentos rurais do País
Nos dois primeiros meses da safra atual, agricultores familiares acessaram R$ 5,36 bilhões do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) – para aumento da produção e compra de máquinas e equipamentos a juros baixos. O valor representa 22% dos R$ 24,1 bilhões previstos no Plano Safra 2014/2015.
De 1º de julho a 31 de agosto deste ano foram realizados 395 mil contratos. No mesmo período do ano passado, foram contratados R$ 3,9 bilhões e firmados 364 mil contratos.
O estado com maior volume de contratação é o Rio Grande do Sul, com mais de 92 mil contratos, que representam R$ 1,75 bilhão. Isso é quase um terço do total (R$ 5,6 bilhões), incialmente, previsto para o estado.
Saiba mais
Até dezembro de 2013, o setor, respondia por 38% do Valor Bruto da Produção Agropecuária e por 74,4% da ocupação de pessoal no meio rural (cerca de 12,3 milhões de pessoas);
Houve um crescimento expressivo de 717% no volume de crédito contratado pela agricultura familiar. A título de comparação, o volume de crédito contratado pelo agronegócio aumentou 342% em igual período;
Foram um milhão de mulheres atendidas nos dez anos do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR);
Até o final de 2013 foram instaladas 10 mil bibliotecas rurais do programa Arca das Letras implantadas em todo o País;
Do total investido nos dois primeiros meses da safra*:
– Foram fechados 160 mil contratos de financiamento para custeio da safra em um valor de R$ 2,9 bilhões;
– Para investimentos na propriedade, como compra de equipamentos ou mecanização de processos, o número de contratos é de 235 mil, que, somados, atingem o valor de R$ 2,4 bilhões;
– As mulheres bateram recorde. Elas financiaram até agora R$ 723,5 milhões e fecharam 106 mil contratos. Isso já é mais do que elas financiaram em toda a safra passada, quando foram fechados 91.784 contratos no valor de R$ 535 milhões;
* Os valores foram fornecidos pela Diretoria de Organização do Sistema Financeiro e Controle de Operações do Crédito Rural (Diorf), Departamento de Regulação, Supervisão e Controle das Operações do Crédito Rural e do Proagro (Derop), do Banco Central, que gerencia o Sistema de Operações do Crédito Rural e do Proagro (SICOR).
Fontes: MDA e ONU.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM