Amazonas e o Governo Estadual fortalecendo a Economia Solidária

Virgilio Manaus

Conversamos com Virgílio Melo da Silva, que é uma força da Economia Solidária em Manaus (AM), como responsável principal da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SEMTRAD). Ele comenta, nesta entrevista pontual (a qual a chamada está disponível na Revista Unisol Brasil do 1º trimestre de 2015, que circula em maio 15), sobre os principais projetos desenvolvidos e em planejamento. As iniciativas consolidadas, em andamento e em discussão já beneficiaram e beneficiarão milhares de pessoas ligadas ao associativismo e cooperativismo manauense.

Virgílio Melo – Antes de 2013 o trabalho era desenvolvido numa gerência, agora temos uma secretaria, o que faz toda a diferença pois temos uma estrutura física e pessoal maior.

– A partir de janeiro 2013 escolhemos algumas frentes de trabalho para focarmos nossos esforços, como o apoio ao artesanato, inclusive por meio da participação em feiras internacionais.

– Também agilizamos para que as cooperativas participem do SINE (Sistema Nacional de Empregos) local, realizando exposições nos locais onde a entidade realiza eventos.

– FIFA FAN FEST 2014 – ajudamos aos nossos artesãos a participarem de projetos que deram a eles oportunidade e renda neste importante evento.

– Por conta do aniversário de Manaus, em 2014, realizamos vários eventos com parcerias solidárias.

– Feira de Natal de 2014 – teve um caráter de grande reforço para a economia do artesanato. Foi realizada num local estratégico, conhecido como Ponta Negra. Temos um grande projeto para construir um espaço físico até 2016, que será ao mesmo tempo uma galeria do artesanato, espaço cultural e auditório para palestras e demais eventos ligados à Economia Solidária.

– Banco Comunitário Liberdade – criamos há quatro anos e está situado no Morro da Liberdade. Eles tem uma moeda própria, a Tucumã, que circula na região.

– Revista do Artesanato – lançamos a primeira edição em março de 2014. É um espaço de economia solidária que condensa 40 Empreendimentos Econômicos Solidários; serve como um catálogo e mostruário bilingue da produção artesanal do Amazonas. Distribuímos o impresso em todo o Brasil e uma versão online está disponível no site da SEMTRAD. A segunda edição foi lançada no dia 19 de março de 2015.

– Banco Mauá – situado no bairro do Mauazinho, também terá uma moeda social, a ‘mauá’. Foi inaugurado na segunda quinzena de março de 2015.

– Novo projeto – estamos construindo um projeto para agregar cooperativas e associações de corte e costura que envolve pessoas da melhor idade (acima dos 60 anos). Teremos o ensino e a produção. O resultado, a produção, será comercializado em feira no bairro, a preços acessíveis.

– Melo reafirma: ‘estamos abertos às parcerias futuras!’ – atualmente o apoio mais forte que a SEMTRAD recebe é da Prefeitura Municipal de Manaus.

Virgilio Reuniao ES Manaus 2

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM