Ano Internacional das Cooperativas é debatido em Brasília


O conselheiro adjunto da UNISOL Brasil, Niro Roni Barrios, esteve representando a entidade em Brasília durante reunião preparatória para os eventos em torno do Ano Internacional das Cooperativas, deliberado pela ONU (Organização das Nações Unidas), a ser comemorado este ano. O encontro foi realizado no auditório do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), entre os dias 11 e 12 de janeiro. Estiveram presentes representantes da Unicafes (União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária), Colacot (Confederação Latino Americana de Cooperativas e Mutuais de Trabalhadores), OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras), Denacoop (Departamento de Cooperativismo e Associativismo), Senaes (Secretaria Nacional de Economia Solidária), Ministério do Desenvolvimento Agrário, Secretaria Geral da Presidência da República e Banco do Brasil.
A pauta da reunião se baseou no conjunto de importantes ações, com destaque para as demandas do movimento cooperativista no Brasil e a criação de políticas públicas para questões que ainda não foram solucionadas. Este ano a campanha se baseará nos princípios e valores do cooperativismo, com grande campanha publicitária nos meios de comunicação de massa, com direito a lançamento de selo e moeda comemorativa.
De acordo com Barrios, todos os envolvidos no debate irão à luta para que projetos de lei em tramite sejam aprovados. Um deles se refere a PL 4622, de 2004, que se encontra na Câmara dos Deputados e trata das cooperativas de produção e serviço. O outro é a PLS 03, de 2007, que se refere à substituição da lei geral do cooperativismo no Brasil. “Essa é uma pauta importante para a UNISOL, além de fortalecer e organizar o sistema cooperativista no Brasil”, disse.
Entre as propostas debatidas durante reunião podemos destacar ainda a força tarefa que será iniciada para que o governo crie um conjunto de políticas envolvendo crédito, formação e qualificação profissional, entre outros. O evento Rio+20 também foi discutido durante o encontro, além da proposta de realizar grande evento com seminários e debates sobre os principais temas da atualidade, bem como a realização de audiências no Congresso Nacional e Presidência da República em Brasília em torno da Semana do Cooperativismo , comemorada no dia 4 de julho. As eleições deste ano não ficaram de fora da pauta e a intenção neste ano é trabalhar a expansão das políticas públicas de cooperativismo e Economia Solidária para os municípios brasileiros.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM