Articulação intersetorial gera resultados concretos

A articulação entre os Setoriais da Metalurgia e da Confecção/Têxtil gerou no mês de junho os primeiros resultados concretos com o fechamento de encomenda de uniformes por Metalúrgicas de São Paulo.
Estabelecer e fortalecer a relação política, social e econômica entre os empreendimentos solidários é um dos principais objetivos da Unisol Brasil.
Diante deste desafio, realizou, a partir das demandas dos Setoriais da Metalurgia e da Confecção/Têxtil, a articulação comercial entre estes dois importantes setores.
No mês de junho, ocorreu um intercâmbio de experiências e rodadas de negócios entre a Cooperativa Mista Solidária de Trabalhadores em Confecção e Artesanato Trabalhos Manuais de Chapecó – a Coopersol de Santa Catarina, e algumas cooperativas do setor da Metalurgia em São Paulo.
Com essa articulação foi possível negociar com as cooperativas CSJ – Cooperativa São José, MetalCoop e Uniforja, o fornecimento de 4.000 (quatro mil|) uniformes confeccionados pela Coopersol.
Esse foi um apenas um primeiro e pequeno passo diante das grandes possibiliades de uma maior integração entre os Setoriais, mas justamente por isso, foi importante para mostrar a viabilidade dessa estratégia e que, portanto, a UNISOL Brasil, caminha na direção correta.
 

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM