Associadas da Charlotte Arte em Costura se formalizam

O empreendimento Charlotte Arte em Costura recebeu recentemente todos os documentos que comprovam a sua formalização no mercado, como parte fundamental do processo de desenvolvimento. A ajuda para sair da informalidade partiu do assessor técnico do Neates-SP Eugênio Alves Soares. Agora as associadas podem acessar novos mercados e ampliar a geração de renda, entre outros benefícios.
Desde o nascimento do empreendimento, em 2009, há uma transformação do potencial aplicado em situações concretas de sucesso. As atividades na Charlotte iniciaram com apenas quatro mulheres em espaço de 32 metros quadrados. Hoje fazem parte do empreendimento sete mulheres que agregaram em seu processo produtivo mais 10 máquinas em espaço cedido pela Associação Padre Léo Comissari.
Além da parte de confecção, as mulheres criam bolsas, sacolas retornáveis e artigos artesanais feitos com retalhos. Também, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, estão participando da Rede de Moda Sustentável, transformando banners reutilizados e caixas tetra pak em produtos que levantam a bandeira da sustentabilidade.
Entre os parceiros envolvidos no processo de desenvolvimento da cooperativa estão UNISOL Brasil, Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Pack Food, Universidade Metodista, Mentor Contabilidade e Fox Line.


Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM