Carlos Grana defende Economia Solidária

O candidato a deputado estadual Carlos Grana (PT) defendeu mais investimentos e apoio a empreendimentos da economia solidária, em visita a cooperativas de trabalho, em Diadema, nesta quinta-feira (9/9). Grana conversou com cerca de 20 catadores da Cooperlimpa e 35 metalúrgicos cooperados da Uniferco.
 
A Cooperlimpa integra o programa de incubadora de empreendimento solidário da Prefeitura de Diadema, conta com apoio da Unisol e da rede de catadores do ABC, que atende a mais de 260 famílias. Grana conheceu a rotina dos trabalhadores desde a seleção do lixo reciclado nas esteiras até a confecção de fardos nas prensas.
 
Grana disse aos catadores que sempre apoiou e incentivou os empreendimentos da economia solidária, ainda na Confederação Nacional dos Metalúrgicos/CUT. “Ajudamos muito na construção das redes de economia solidária porque entendemos que é uma oportunidade de emprego, trabalho e renda. Como deputado, a gente pode contribuir ainda mais, principalmente se elegermos o Aloizio Mercadante a governador do Estado”, disse Grana.
 
O candidato respondeu à indagação de uma das catadoras sobre a implantação de incineradores por parte do poder público. Grana disse que era preciso fazer uma discussão com todos os segmentos envolvidos. “A princípio sou contra transformar o lixo que pode ser aproveitado em energia. Mas é preciso saber a posição de um eventual governo petista, porque há controvérsias.”
 
Grana também visitou a Uniferco, cooperativa de trabalho que conta com 35 cooperados metalúrgicos e que produz material elétrico a partir da fundição de alumínio. Ele contou aos trabalhadores sua primeira experiência, em 1984, com uma cooperativa de trabalho, a Metalcoop, de onde teve de se afastar do projeto por conta das atividades sindicais.
 
Grana frisou aos trabalhadores que sua candidatura não é um projeto pessoal. “Estou aqui para olhar nos olhos de cada um e firmar um compromisso político, principalmente na defesa dos empreendimentos da economia solidária”, concluiu.
 
Fonte: REPÓRTER DIÁRI
 

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM