Comércio Justo e Solidário

O Comércio Justo e Solidário favorece os cidadãos e cidadãs, consumidores, produtores, comerciantes e o equilíbrio dos ecosistemas. Isso é possível pois todos saem ganhando quando se promove a justiça e a solidariedade em favor do bem viver das pessoas.

Na primeira parte desta cartilha
veremos como funciona o comércio convencional, suas injustiças e quais as alternativas do Comércio Justo
para o favorecimento dos pequenos produtores e o enfrentamento dessa realidade.
Na segunda parte, trataremos do Comércio Justo e Solidário, que é a adequação do Comércio Justo aos critérios da Economia Solidária. Aqui, trata-se de favorecer tanto os produtores que praticam a economia solidária (pequenos, médios e grandes) quanto os consumidores, e de transformar o conjunto das relações econômicas para que operem sob o princípio da autogestão e da sustentabilidade ecológica.
Veremos nesta cartilha como você pode se beneficiar do Comércio Justo e Solidário e, ao mesmo tempo, colaborar no desenvolvimento socioeconômico de sua comunidade e contribuir na construção de um mundo mais justo e sustentável.
Boa leitura.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM