Castanha do Brasil colabora para agricultura familiar e turismo no país

Durante o 31º encontro de prefeitos e primeiras-damas e o 5º Workshop de secretários municipais de turismo, agricultura e meio ambiente de Mato Grosso, realizado no dia 23 de maio, o coordenador estadual da UNISOL Brasil e agente técnico da secretária de Estado de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur) aproveitou a oportunidade para conhecer um pouco mais sobre a castanha do Brasil.
A castanha foi apresentada no evento por meio de um estande, os produtos feitos dela são de extrativismo e demonstram que a atividade vem ganhando mercado e possibilita as pessoas inseridas no processo produtivo maior renda e integração da agricultura familiar ao turismo brasileiro.
Os produtos foram mostrados pelos agricultores familiares, da Cooperativa de Extração de Castanha do Brasil (Cecab), por meio do seu presidente, Albino dos Santos Filho, que comentou que a cooperativa atualmente reúne mais de sessenta famílias de municípios do norte de Mato Grosso.
“O que traz um grande diferencial nesses produtos, além do fato de serem orgânicos, é que os agricultores participam de todo o processo de produção, desde a coleta ou colheita até o empacotamento. Os produtos já saem dos núcleos de produção prontos para o mercado e dentro do equilíbrio ecológico”, afirmou Filho.
Além dos produtos que estão no mercado de Cuiabá, como a castanha in natura temperada, outros têm aparecido como inovação. É o caso do tijolo ecológico e o vaso tipo xaxim confeccionado com a casca da castanha, além dos doces, biscoitos e castanhas desidratadas.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM