CNPq lança edital para o desenvolvimento dos Arranjos Produtivos Locais

As propostas aprovadas serão financiadas no valor global estimado de R$ 6 milhões, oriundos do FNDCT/Fundos Setoriais/Ação Transversal, a serem liberados em duas parcelas, nos exercícios de 2010 e 2011. Parcela mínima de 30% dos recursos será, necessariamente, destinada a projetos coordenados por pesquisadores vinculados a instituições sediadas nas regiões Norte, Nordeste ou Centro-Oeste.

Os projetos devem estar enquadrados nos seguintes temas:

  • Tema 1

Capacitação, o edital irá selecionar propostas de elaboração e aplicação de cursos de curta duração para qualificar recursos humanos envolvidos em Arranjos Produtivos Locais, com o objetivo de reduzir os gargalos existentes.

  • Tema 2

abrange a Pesquisa Tecnológica e a Inovação, serão selecionados projetos que promovam a interação de instituições de pesquisa e pesquisadores com as empresas integrantes do APL.

  • Tema 3

Integração Tecnológica entre APLs é o objeto do Tema 3, que selecionará projetos que promovam o intercâmbio tecnológico entre APLs de diferentes estados e do mesmo setor produtivo, através da transferência de conhecimentos de um APL para outro.
O proponente, responsável pela apresentação da proposta, deve, para os Temas 1 e 3, possuir titulação, no mínimo, de Mestre. Para o Tema 2, no mínimo, de Doutor. Para todos os temas, o pesquisador deve ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes e deve manter vínculo empregatício, celetista ou estatutário, com a instituição de execução do projeto.
Cada proposta selecionada no âmbito do Tema 1 será financiada com o valor máximo de R$ 35 mil, as do Tema 2 não poderão ultrapassar R$ 200 mil e as aprovadas do Tema 3 não deverão exceder R$ 100 mil. Os projetos deverão ter seu prazo máximo de execução estabelecido, para todos os temas, em até 24 meses.
As propostas devem ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente via Internet, por intermédio do Formulário de Propostas Online , disponível na Plataforma Carlos Chagas, até o dia 29 de setembro.
Fonte: Ceará em Foco: Antenas e Raízes

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM