Congresso aborda desenvolvimento municipal a partir da agricultura familiar

Foto: Ascom/MDA

“A agricultura familiar é estratégica no processo de desenvolvimento, principalmente em localidades com menos de cem mil habitantes, que representam mais de 95% dos municípios brasileiros”, destacou o diretor do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural da Secretaria da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SAF/MDA), Argileu Martins da Silva, durante o Congresso Mineiro dos Municípios, na terça-feira (6), em Belo Horizonte (MG).
Em sua palestra: Potencializando o desenvolvimento municipal a partir da agricultura familiar, o diretor ressaltou que o setor dinamiza a economia local em todas as regiões brasileiras. “Principalmente quando se utiliza políticas de crédito, de comercialização, de assistência técnica e extensão rural, de reforma agrária e de estradas vicinais. Esse conjunto de ações consegue mudar a realidade das comunidades rurais e, consequentemente, a de muitos municípios”, pontuou. Segundo o Censo Agropecuário 2006, há 437,4 mil estabelecimentos de agricultores familiares em Minas Gerais e 4,3 milhões no Brasil.
O encontro, que vai até hoje, reúne prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, técnicos e assessores de municípios mineiros, além de autoridades nacionais e estaduais.
A realização da 31ª edição do Congresso é promovida pela Associação Mineira dos Municípios (AMM), que representa os 853 municípios mineiros. O tema deste ano é: A Federação e o Pacto das Ruas – Gestão Municipal: diálogo, participação e transparência.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM