Congresso Nordestino de Apicultura e Meliponicultura supera expectativas

Em Teresina, no Piauí, foi realizada a segunda edição do Congresso Nordestino de Apicultura e Meliponicultura, nos dias 01 e 02 de dezembro. O evento é uma realização da Federação das Entidades Apícolas do Piaui, Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas) do Piauí, Governo do Estado do Piauí, Secretaria de Desenvolvimento Rural do Piauí e União Nordestina de Apicultura e Meliponicultura.
O congresso foi criado no âmbito do Projeto Apis Nordeste, tendo sua primeira versão realizada em Salvador, na Bahia, em novembro de 2009, com o objetivo de promover a integração, intercâmbio, difusão e socialização de conhecimentos, experiências, tecnologia e inovação, contribuindo para o desenvolvimento sustentável e fortalecimento da Cadeia Produtiva, visando ainda nortear a preservação ambiental, a organização social, gestão e mercado.
Quem esteve por lá foi o coordenador da região Sudeste da UNISOL Brasil e diretor administrativo da Metalcoop, Cláudio Domingos da Silva. Ele conta que o congresso superou as expectativas e reuniu mais de mil apicultores. Também participou da abertura do evento, ao lado do governador do estado, Wilson Martins, entre outras autoridades, e dos debates da primeira mesa no segundo dia. Na ocasião, foi assinado decreto de renovação da Câmara Setorial da Apicultura.
O mel foi tema de destaque durante o congresso, produto conhecido há muito tempo, já que era utilizado como adoçante em séculos passado, além do uso medicinal. Apesar dos benefícios, foi enfatizado que o setor requer mais força e integração. No entanto, em 2011 a atividade contribui com mais de 600 milhões para a economia do estado.
“Em meu discurso fiz questão de enfatizar a importância da organização dos trabalhadores de maneira democrática e associada.  Que ações desenvolvidas ao lado de parceiros, como Sebrae, Fundação Banco do Brasil, Conab e outras instituições, demonstram a emancipação de um povo sofrido e que em determinado momento ficaram sem esperança”, disse Silva.
A UNISOL também foi citada na apresentação, como entidade que está disposta a continuar contribuindo para o novo modelo de economia que vem consolidando o Brasil.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM