Conselho Consultivo da Casa Apis reúne cooperados e parceiros

Nesses dois dias, foi discutido o aumento de número de cooperados, certificações das casas de mel, o uso da energia solar, certificação de comércio justo, projeto dos agentes de desenvolvimento regional sustentável, resultado da safra do ano de 2010 e o plano safra CASA APIS 2011.
Através de uma metodologia participativa, os representantes da Fundação Banco do Brasil, UNISOL-Brasil, Banco Nacional do desenvolvimento, BNDES, SEBRAE, Banco do Brasil e Projeto de Comunicação e Mobilização Social tiveram a oportunidade de expor e discutir as contribuições para o desenvolvimento do projeto CASA APIS, que está mudando a realidade do semiárido piauiense, através da prática cooperativista associada à economia solidária.
Segundo o diretor geral da CASA APIS, Antônio Leopoldino Dantas Filho conhecido por Sitonho, “realizar essas reuniões é de suma importância para nivelar as informações e a participação dos nossos cooperados e parceiros para que possamos construir um planejamento estratégico, com o intuito de que 2011 seja de extremo sucesso para todos os componentes e apoiadores da CASA APIS”.
Na ocasião, a notícia da revista Carta Capital com o título: “Em Picos, no Piauí, as cooperativas transformaram o mel em produto de exportação”, causou alegria aos participantes por saberem que apicultura através do cooperativismo está mudando a vida dos agricultores familiares. E para completar a felicidade, a CASA APIS divulgou os dados que a tornaram a maior exportadora de mel orgânico do Piauí e a décima primeira do Brasil.
Fonte: Maria Sousa
Informe Cooperar

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM