Cooperativa de Reciclagem do Rio Grande do Sul recebe apoio do BNDES

No dia 5 de outubro, Nelsa Nespolo, Diretora Secretária da UNISOL Brasil e Denise Laitano, Assessora Técnica da UNISOL Brasil no Rio Grande do Sul, visitaram a Cooperativa de Construção Civil e Limpeza Urbana Coolabore. Elas receberam o agradecimento dos cooperados pelo apoio da UNISOL na elaboração do projeto “Integração Coolabore e Catadores de Rua”.
 
 

 
 
O referido projeto foi aprovado junto ao Fundo Social do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES. Os representantes da cooperativa Paulo Bonh e Claudir Frederico já assinaram os documentos para a liberação dos recursos em ato ocorrido no Rio de Janeiro em 30 de setembro.
 
O projeto visa a integração de em torno de 60 catadores de rua, com o intuito de melhorar a qualidade de vida destes trabalhadores, além de aumentar a renda dos 32 cooperados que hoje estão no empreendimento.
Serão liberados R$ 613.000,00, dos quais serão destinados para a compra de caminhão truck, balança, prensa, computadores, construção do prédio que servirá de entreposto de coleta dos materiais para os catadores, escritório comercial da Coolabore e cursos de formação para organizar os trabalhadores. A atual sede da cooperativa fica em zona rural do município de Campo Bom, na região do Vale dos Sinos/RS, local este sem acesso a telefonia fixa e internet, o que dificulta a comercialização.
 
 

 
 
Durante o processo de negociação do projeto, técnicos do BNDES visitaram a Coolabore e se reuniram com a Secretaria de Meio Ambiente do Município. Ponto importante para a liberação de recursos, principalmente no que diz respeito à construção do prédio. A Prefeitura Municipal de Campo Bom doou o terreno onde o mesmo será executado e implantou mais 50 Pontos de Entrega Voluntária (PEV), para recolhimento do material reciclável em escolas e associações de moradores.
 

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM