Cooperativa negocia coleta seletiva em cidade gaúcha

Falta pouco para que a Cooarlas assine contrato de coleta seletiva com a Prefeitura gaúcha de Giruá

Falta pouco para que a Cooarlas assine contrato de coleta seletiva com a Prefeitura gaúcha de Giruá


A Cooperativa de Trabalho Amigas e Amigos Solidários (Cooarlas), de Giruá (RS), negocia com a prefeitura a realização da no município. Atualmente, a cooperativa é responsável por esse serviço em cinco outras cidades do Rio Grande do Sul, como São Miguel das Missões e Senador Salgado Filho.
“O diálogo já está bem avançado. Acredito que a coleta do material reciclável esteja em funcionamento em 60 dias”, destaca Clóvis Eduardo Aguiar da Silva, coordenador-geral da Cooarlas. A capacidade de processamento da cooperativa é de até oito toneladas por dia.
Fundada em junho do ano passado, a Cooarlas de Giruá conta com 23 cooperados, que trabalham na coleta e seleção de materiais recicláveis. A cooperativa é uma filial da Cooarlas de Canoas, também no Rio Grande do Sul, que conta com 36 cooperados.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM