Cooperativas de catadores de Canoas ampliam frota de caminhões

Cinco cooperativas de catadores de Canoas-RS estiveram reunidas com a Secretaria de Meio Ambiente do município e com a Fundação Banco do Brasil, na manhã desta terça-feira, 18 de dezembro, para cerimônia de entrega das chaves de cinco caminhões. Os recursos para a compra dos equipamentos são oriundos do CATAFORTE (Programa de Fortalecimento do Associativismo e Cooperativismo dos Catadores de Materiais Recicláveis), parceria com o a Fundação Banco do Brasil, BNDES e Petrobrás. “Este é um momento muito importante, pois é mais um passo nesta luta de mais de dez anos dos catadores. Com o trabalho e a consciência que demonstram são um grande orgulho para Canoas. Agradeço também todos os parceiros que tornaram este momento possível”, exaltou o prefeito Jairo Jorge.
Também presente, o presidente da Fundação Banco do Brasil, Jorge Streit, comentou que “este é um momento de muito orgulho para nós, pois sabemos que estes caminhões vão se transformar em renda e melhoria na vida destas pessoas.” O representante da Cooarlas – Cooperativa de Trabalho Amigas e Amigos Solidários, Clóvis Eduardo Aguiar da Silva, também ressaltou a importância do momento para as cooperativas, que a partir de agora terão maior autonomia para buscar os resíduos reciclados, uma vez que os caminhões que eles usavam até hoje eram alugados. Com os novos veículos os lucros da reciclagem irão exclusivamente aos catadores, aumentando assim sua renda e sua qualidade de vida. “Estamos trazendo muitas coisas boas para Canoas, e agradecemos pelo município ter acreditado em nosso trabalho e aos parceiros que temos. Essa é uma história que não iniciou hoje, estamos há mais de dez anos lutando e construindo essa realidade”, comentou Clóvis. Antiga lutadora dos movimentos populares e dos catadores Beatriz da Silva, conhecida como dona Bia, demonstrou emoção ao comentar o momento. “Vai facilitar o recolhimento e a vida de nossos amigos catadores. É uma conquista e uma vitória, pois há muito tempo batalhamos por isso”, disse dona Bia.
[nggallery id=112]
COOARLAS
A COOARLAS surgiu da necessidade de qualificar os processos de gestão e produção, e ampliar as possibilidades de comercialização dos produtos. Está localizada na comunidade Parque São José, bairro Guajuviras, município de Canoas/RS.
Em 1999 mulheres ligadas a Pastoral da Criança e da Juventude e ao Movimento de Mulheres de Canoas, preocupadas com a inserção de jovens no mercado de trabalho, promoveram uma formação no Programa Serviço Civil Voluntário. A área de atuação escolhida foi a reciclagem, uma vez que existia muito lixo acumulado nos terrenos baldios da comunidade e a coleta seletiva havia sido implementada pela Prefeitura no ano de 1998.
Em maio de 2000 iniciaram um projeto piloto e começaram a catar o lixo da comunidade. As mulheres mobilizaram a comunidade e conquistaram recursos junto ao Orçamento Participativo Estadual para a construção de galpão com 570m2 e realizaram curso de Reciclagem de Resíduos Sólidos preparando para o trabalho no galpão.
O galpão foi inaugurado em 2002, utilizado para as atividades das trabalhadoras da ARLAS e, atualmente da COOARLAS. Os equipamentos como balança e prensa, foram conquistados através de projeto junto ao FMP/CAMP. Entre 2002 e 2009, o número de trabalhadores da ARLAS passou dos 12 iniciais para os 30 atuais, sendo sua absoluta maioria mulheres.
A assembleia de constituição ocorreu em 18/08/09, a aprovação de seu registro se deu em 07/01/10. A formalização da cooperativa possibilitou o estabelecimento de parceria com empresas para realização da triagem de materiais e prestação de serviços de limpeza para terceiros, assim como com a Prefeitura do Município para a realização da coleta seletiva no Programa Coleta Seletiva Compartilhada.
Com informações da Prefeitura Municipal de Canoas e Euclides Bitelo

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM