Do sonho à COOP Mauá ABC: Unisol é fundamental na constituição de mais um Empreendimento Solidário

FORMAÇÕES 2

Elizabete Rocha (de óculos e com embalagem amarela nas mãos), assessora técnica da Unisol e condutora da Formação

Depoimento de assessora técnica e entrevista com membro de cooperativa mostram a história deste grupo 

Sonhar é um estado característico do ser humano. E para quem é um trabalhador comum, o sonho é alimentado porque geralmente se vive num mundo de pressões, de desigualdades, onde o pagamento pelo trabalho é insuficiente, e/ou as tarefas diárias não causam satisfação. Desta forma, o trabalho em cooperativa vem preencher estas e outras questões, trazendo muita responsabilidade, mas também mais autonomia, rendimento justo e igualitário e a possibilidade de se sentir protagonista da própria história. Assim começou o sonho de Antonio Batista de Souza, o Toninho, que já foi avicultor, mas de dez anos para cá eraprofissional autônomo na área de transporte de cargas.

Desde 2002, ele tinha o desejo de constituir uma cooperativa de transporte de cargas, mas não conseguia pois a legislação exigia o número mínimo de 20 pessoas para compor o empreendimento, e isso inviabilizou a ideia, porque Toninho não encontrava tantas pessoas que tivessem o mesmo nível de compromisso, ao mesmo tempo. Passados alguns anos, com a flexibilização das leis, ele e um grupo de nove parentes e amigos conseguiram fundar a COOP Mauá ABC. Fazendo o convite para cada um dos atuais cooperados, há um ano esse grupo se juntou para se fortalecer, buscando formação e informação em termos de conhecimento do universo do cooperativismo. Em setembro passado, após uma intensa consultoria da Unisol, o grupo inaugurou o escritório em Mauá, cidade parte do ABC paulista, com uma frota própria de três caminhões. 

Histórico com a UnisolO primeiro passo de Toninho para viabilizar o sonho foi procurar o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que por sua vez dialogou com a UNISOL Brasil, para que esta contribuísse na constituição enquanto cooperativa de trabalho. A primeira reunião com a UNISOL Brasil ocorreu em novembro de 2013, momento de conhecimento do grupo, apresentação da entidade e construção do Plano de Ações em conjunto, entre elas, as formações. A assessora técnica Elizabete Rocha assumiu esta consultoria.

O primeiro conteúdo ministrado foi Sensibilização para o Cooperativismo e Economia Solidária‘. Posteriormente, a formação sobre Formalização, diferenças entre cooperativa, associação e outras formas de organização jurídica, os prejuízos da informalidade, e a responsabilidade que recai sobre os sócios. Elizabete reforça: “estas formações são primordiais, primeiro porque permite aos cooperados maturar acerca do universo cooperativista, as dificuldades, as responsabilidades, a importância deste ato constitutivo para a vida societária deles. E para que os próprios cooperados tenham a certeza se realmente querem prosseguir. Podemos chamar essa formação de um ‘divisor de águas. Após este período, foi a vez da Consultoria Jurídica e Contábil, para a constituição enquanto Cooperativa de Trabalho. 

Fazem parte da COOP Mauá ABC uma turma experiente e heterogênea: Júlia Batista de Souza, secretária, conhecida como professora Júlia Tenório; pós-graduada em três cursos, de gestão de políticas públicas, controle social e gestão em saúde pública; João Batista de Souza, Ronaldo Silva, Manuel Messias Teixeira e Ronaldo Agnello, que já trabalhavam com transportes; Eloá Cristiane, professora ensino fundamental e médio e estudante de direito; José Fernando de Oliveira, professor e motorista free lance; Sandra Regina, professora de ensino fundamental; Domingos da Silva, fotógrafo com experiência na área de comunicação; Iva de Andrade, com ampla experiência no setor de logística; Mandovar Silva, conhecido como Val, assistente social e com formação logística na área de transporte e Samuel de Andrade, músico e que ajudará na prestação dos serviços. Segundo Elizabete, “o grupo tem uma maturidade impressionante acerca do negócio societário, a união e a organização coletiva e merece aplausos”.

Como cooperativa, somos os primeiros empreendedores sociais de transporte de cargas de Mauá, um grupo de pessoas comprometidas, idôneas e com muita vontade de crescer e fazer com que o município cresça”, ressalta Júlia. Quando há uma necessidade, se houver um rápido aumento da demanda, a Cooperativa tem uma extensa rede de contatos e contrata o serviço de outros trabalhadores. A COOP Mauá ABC atende a capital e o interior de São Paulo, e outras cidades, como Minas Gerais e Rio de Janeiro. Entre os seus clientes estão outras cooperativas, como a Cooperagua, a Coopafarga, a Confrute (que abastece o Ceasa) e a Cooperativa Sete Barras (que é fonte de matéria aqui no site), além de realizar os transportes particulares, para pessoas físicas.

Julia, falando em nome da equipe, faz questão de afirmar: “A Unisol foi muita acolhedora, a Elisabete foi muita atenciosa conosco, como assessora técnica e de capacitação ela é nota 10. Ela usa um vocabulário fácil para nos passar as instruções. Se não fosse a Unisol não estaríamos formalizados, a Unisol foi como um anjo da guarda. Tivemos contato com o Arildo (Mota, presidente), o Eugênio (Soares, assessor jurídico) e o Alexandre (Dias, assessor da diretoria), e todos foram bastante prestativos. Só temos a agradecer!”, comemora.

Elizabete destaca: “Para a UNISOL Brasil é gratificante ter a COOP Mauá ABC como empreendimento filiado, pois mostra primeiro a importância das frentes de trabalho que a instituição tem levantado, desde a sua fundação e a consolidação das ações. Segundo, por mais um empreendimento tornado realidade, para vir fortalecer a luta, assim como já fazem os mais 800 empreendimentos filiados nos 27 estados da Federação em nos seus 11 Setoriais”, conclui.

Para entrar em contato com a COOP Mauá ABC ligue (11) 4541-9271.

Você, leitor desta matéria, se é assessor da Unisol, divida conosco histórias de construção de empreendimentos solidários! 

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM