É TEMPO DE MUDANÇAS NA REDE SOLIDÁRIA BAIXO ACRE NO MUNICÍPIO DE PORTO ACRE

Unisol e Atividade Rede Solidária Baixo Acre Credito Carlos Omar

Carlos Omar, da Unisol (segundo da esquerda para a direita, em pé, de camiseta branca) e participantes da atividade de formação na Rede Solidária Baixo Acre. Crédito: Carlos Omar


É tempo de recomeço. Após encontro de formação, realizado no dia 12 de setembro de 2015, com produtores rurais da agricultura familiar da Associação Agrícola do Ramal Canindé (ASSARC), do Projeto de Assentamento do INCRA Humaitá, Gleba F, no Município de Porto Acre (AC), foi possível constatar uma renovação das motivações por parte dos presentes.
Isso levando-se em conta 30 anos de lutas e sofrimento para escoamento da produção, devido às péssimas condições de trafegabilidade de veículo no ramal, principalmente durante a época invernosa. Desta forma, os produtores iniciam um nova etapa, a partir da implantação de novas tecnologias no plantio da fruticultura e horticultura. Entusiasmado com esse novo momento, acreditando que é possível melhorar a qualidade de vida e sustentabilidade familiar e também, buscando estimular outros produtores, seu Francisco, presidente da Associação, acabou de fazer um investimento em sua propriedade, a partir de um financiamento para aquisição de um trator, para arada a aterra.
Ele, com a ajuda dos familiares, já plantou 3.000 pés de banana em 4 hectares de terra, a qual posteriormente, pretende consorciar com outras plantações como melancia, milho, abacaxi, mamão e outras. Aproveitando esse entusiasmo dos produtores e cumprindo um papel fundamental para Economia Solidária do Estado do Acre, no tocante ao processo de organização e fortalecimento dos empreendimentos, a UNISOL Brasil/coordenação Acre e representante da Rede Acreana de Jovens em Ação (REAJA), entidade responsável para identificar potenciais pontos de vendas, realizaram uma formação.
Unisol e Atividade Rede Solidária Baixo Acre Credito Carlos Omar 2

Vista de plantação de um dos EESs parte da Rede Solidária Baixo Acre. Crédito: Carlos Omar.


A REAJA é a responsável por elaborar um plano de comunicação e a marca visual da Rede Solidária Baixo Acre. No encontro de formação o objetivo fora o de sensibilizar os produtores para o novo momento, considerando os conceitos de economia solidária, a valorização da terra como fonte de subsistência e importância da união dos sócios, nos momentos de reivindicações. Além disso, considerando que a Associação compõe a Rede Solidária Baixo Acre, foi realizada uma apresentação sobre o papel da REAJA, na implantação da rede, considerando os benefícios para o empreendimento, no que compete as pontos de vendas, divulgação, orientações para embalagem e marca, no momento da comercialização dos produtos.
Fonte: Carlos Omar/Unisol Acre
Unisol e Atividade Rede Solidária Baixo Acre Credito Carlos Omar 3

Membros da Rede Solidária Baixo Acre em atividade promovida pela Unisol local. Crédito: Carlos Omar.


 

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM