Ecobarreiras tem apoio da Febracom

Sistema segura o lixo que é recolhido e reciclado (Foto: Divulgação / Governo do Estado do RJ)

Sistema segura o lixo que é recolhido e reciclado (Foto: Divulgação / Governo do Estado do RJ)


O programa Ecobarreiras, implantado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) para despoluir rios, baías e lagoas no estado do Rio de Janeiro é uma iniciativa que conta com o apoio da Federação das Cooperativas de Catadores de Materiais Recicláveis (Febracom), entidade filiada à Unisol Brasil.
A ação consiste na instalação de barreiras flutuantes que seguram dejetos como garrafas PET, plásticos em geral, papelão, entre outros, que flutuam nas águas. O material recolhido é todo reciclado por cooperativas de catadores ligadas à Febracom. O resultado dessa parceria é a geração de emprego e renda e também a redução da degradação do sistema hídrico do estado.
Em outra parceria, a  cooperativa coleta, por mês, nos municípios da região metropolitana do Rio, cerca de cem toneladas de resíduos sólidos como papel, papelão, plástico, PET, vidros, metais ferrosos e não ferrosos. A Febracom também contribui com o projeto Usina Verde, cuja meta é desenvolver tecnologia para implantação de Usinas de Recuperação Energética de resíduos sólidos urbanos e industriais.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM