Estiagem diminui em 80% a safra de mel

Foto: Arquivo UNISOL Brasil.


A estiagem na região Nordeste do País tem feito com que muitas famílias de agricultores perdessem por completo a produção. Faz exatamente 14 meses que não chove e a situação preocupa a UNISOL Brasil e outras instituições que apoiam os empreendimentos econômicos solidários. Com o objetivo de orientá-los no enfrentamento da seca, o assessor da Direção da UNISOL, Alexandre Antonio da Silva, esteve visitando os produtores de 22 a 24 de agosto.
De acordo com Silva, a produção de mel caiu 80% e enxames de abelhas estão morrendo. A expectativa é de recuperar a safra somente no prazo de um ano. O problema também afetou as famílias que trabalham com o caju. “Estamos discutindo soluções para amenizar a situação de todos os produtores da região e dizer que unidos somos mais fortes para enfrentar a estiagem”, disse o assessor.
Durante a missão houve duas reuniões, uma no Centro Tecnológico de Apicultura do Piauí e outra no Sebrae da cidade de Picos. Estiveram presentes representantes da FBB (Fundação Banco do Brasil), do DRS (Desenvolvimento Regional Sustentável) Banco do Brasil (PI), de empreendimentos filiados a Casa Apis, da direção da Casa Apis, da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) e do Banco do Nordeste.
Silva ainda aproveitou a missão para dialogar com os cooperados da Comapi (Cooperativa Mista dos Apicultores da Micro Região de Simplício Mendes) sobre as possíveis alternativas para a seca que assola o Nordeste.

Foto: Arquivo UNISOL Brasil.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM