Feira de Economia Solidária do Acre é adiada

Data mudou porque evento confrontaria com outra feira que estava programada em Rio Branco

Data mudou porque evento confrontaria com outra feira que estava programada em Rio Branco


Prevista originalmente para agosto, a 1ª Feira Estadual de Economia Solidária do Acre será realizada entre os dias 25 e 29 de setembro. O motivo da mudança foi o conflito de agenda com outro evento agrícola do estado. Organizada pela Base de Serviço de Comercialização da Unisol Brasil no Acre, em parceria com a CUT-AC (Central Única dos Trabalhadores do Acre), a feira irá funcionar no Mercado Municipal Francisco de Assis Marinheiro, na Estação Experimental, no Centro de Rio Branco.
A expectativa da organização é contar com a participação de 50 empreendimentos dos segmentos de agricultura familiar, piscicultura, alimentação, reciclagem e cooperativas sociais. Cerca de 300 trabalhadores serão mobilizados para atuarem durante o evento, que priorizará os afiliados dentro do estado. Espera-se um público aproximado de 15 mil pessoas durante os quatro dias de evento.
O objetivo da 1ª Feira Estadual de Economia Solidária é gerar oportunidades de comércio aos afiliados e dar visibilidade ao setor.
Paralelamente, haverá palestra sobre a política regional e nacional de economia solidária e um painel sobre as cidades que integram o território do Baixo Acre, formado pelas cidades de Bujari, Porto Acre, Pláscido de Castro, Senador Guiomard, Capixaba, Acrelândia e Rio Branco.
Atualmente, a Unisol Brasil conta com cerca de 50 empreendimentos afiliados no estado do Acre que, juntos, empregam cerca de 4,5 mil trabalhadores. O Mercado Municipal Francisco de Assis Marinheiro fica na Avenida Ceará, s/n.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM