Governo acriano destina 70% de investimentos para Agricultura Familiar

O cenário da Agricultura Familiar no Acre é avaliado positivamente por Carlos Omar, representante da UNISOL Brasil no estado. “Um dos dados que aponta à ascensão do setorial na região são os investimentos por parte do governo estadual, que dedica 70% das imissões para a área”, afirmou Omar. Ele participa do Seminário Nacional e 3º Congresso da UNISOL Brasil, evento realizado no Cenforpe Ruth Cardoso, em São Bernardo do Campo, que encerra nesta sexta-feira, 23.
De acordo com Omar, as políticas públicas regionais tem se transformado em fonte de comercialização. Conforme explicou, o Acre vem recebendo incentivos fiscais e conta com forte organização dos trabalhadores para questões culturais. Entre os que observaram crescimento considerável, estão empreendimentos de cultivo de plantas e flores.
“De cada 10 municípios acrianos  oito estão envolvidos com a UNISOL Brasil, já que muitos trabalhadores são atraídos pelos projetos de marco regulatório, além da Lei de Economia Solidária no Acre – que assegura os cooperados a realizarem investimentos para o desenvolvimento da cooperativa”, declarou Omar.
O representante também discorreu sobre os principais gargalos do setorial, a começar pelas dificuldades de investimento provenientes da falta de acesso ao crédito, além de outros problemas cotidianos, como saúde, segurança e educação, um desafio para os governantes.
Segundo Omar, o Seminário Nacional e 3º Congresso da UNISOL Brasil serve como tripé para o desenvolvimento sustentável, agregando novas concepções aos delegados, visão que vai da autogestão à política nacional e regional.
Questões como certificação e criação de cadeias produtivas são projetos já implementados pelo estado nortista, experiências compartilhadas com outros setoriais, a fim de promover ainda mais o cultivo da produção na região.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM