Governo federal discute mudanças nas regras do FGTS para imóveis solidários

Mudanças facilitariam aquisição de imóveis populares

Mudanças facilitariam aquisição de imóveis populares


O próximo dia 11/9 (quarta-feira) é aguardado com expectativa pelos representantes das cooperativas habitacionais do País. É quando se reúne, em Brasília, o Conselho Curador do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), que irá discutir mudanças nas regras de avaliação e financiamento de moradias populares.
Um dos participantes do encontro será a Secretária Nacional de Habitação Inês Magalhães. No último dia 25 de agosto, em evento realizado em São Bernardo do Campo (SP), ela se comprometeu a apresentar na reunião do FGTS as reivindicações de cooperativas e movimentos de moradia, que incluem propostas como a avaliação dos imóveis pelo preço de custo, e não de mercado, como acontece atualmente.
Outro ponto da pauta de discussões é a proposta do Ministério das Cidades para que o crédito associativo do FGTS seja destinado somente para cooperativas habitacionais. “Hoje esse recurso também pode ser utilizado por construtoras”, explica Ivanio Dickmann, coordenador do setorial de Construção Civil e Cooperativas Habitacionais da Unisol.
 
 

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM