GOVERNO VETA AUXÍLIO À AGRICULTURA FAMILIAR, E CONGRESSO ACEITA

O mesmo governo que deixou de assentar famílias em uma área equivalente ao estado do Rio de Janeiro agora nega aos pequenos agricultores menos do que o mínimo necessário à sobrevivência deles – enquanto os bancos batem recordes de lucro.

Importante destacar que o Núcleo Agrário do PT apresentou este ano o PL 823/2021, que dispõe sobre medidas emergenciais de amparo aos agricultores familiares durante a pandemia da Covid-19 no Brasil. É uma resposta à ‘Lei Assis Carvalho’ (PL 735/2020) que foi vetada praticamente na íntegra pelo presidente Jair Bolsonaro, deixando milhões de famílias de agricultores sem qualquer assistência pública durante todo o ano de 2020, problema que tende a ser agravado neste ano.

Somada à pandemia, a política econômica de Jair Bolsonaro e Paulo Guedes parece ter o objetivo de reinstalar a fome no interior do Brasil.

Na contramão dessa tendência perversa, a Unisol vai continuar lutando para inserir agricultores, extrativistas e outros trabalhadores rurais e urbanos em sistemas seguros e autossustentáveis de economia solidária.

Post a Comment

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM