II Congresso Nacional da UNISOL Brasil reúne 700 pessoas em São Bernardo do Campo

O II Congresso Nacional da UNISOL Brasil, reuniu nos dias 6 e 7 de julho de 2009, no Pampas Palace Hotel em São Bernardo do Campo, São Paulo, aproximadamente 700 pessoas de 22 estados do país e de diversos países da América do Sul, da América do Norte e da Europa para debater e identificar os novos caminhos para a Economia Solidária no Brasil.
 


Abertura do II Congresso Nacional da UNISOL Brasil

 
Das 700 pessoas presentes, 500 eram representantes de 442 empreendimentos filiados à Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários – UNISOL Brasil, distribuídos por 22 Unidades da Federação, na seguinte proporção:
56 empreendimentos de São Paulo; 55 do Ceará, 50 do Amazonas; 39 do Rio Grande do Sul; 37 da Paraíba; 33 do Rio de Janeiro; 29 do Acre, 22 da Bahia; 21 do Piauí; 19 do Pará; 18 do Distrito Federal; 14 do Mato Grosso do Sul; 12 de Minas Gerais; 11 de Roraima; 9 de Santa Catarina; 8 do Paraná; 2 do Espírito Santo e 1 empreendimento de cada um dos estados a seguir; Goiás, Pernambuco, Rondônia, Amapá e Mato Grosso.
Cada um dos empreendimentos poderia ser representando por até 3 delegados, dependendo do número de sócios-trabalhadores.
 
Foram dois dias de debates e discussões para os encaminhamentos da estratégia da Instituição e seus empreendimentos para os próximos 3 anos; que culminaram na eleição da nova direção, entre os delegados.
 
No dia 06 de julho de 2009, no período da manhã e início da tarde ocorreram 4 mesas de debates que discutiram os seguintes temas e foram compostas pelas seguintes pessoas:
1ª Mesa – Estratégias e Ações de Acesso ao Crédito para os Empreendimentos de Economia Solidária
Francisco Mazzeu – UNITRABALHO
Guilherme Castanho Franco Montoro – BNDES
Jean Bergevin – Caisse d’économie solidaire Desjardins – Canadá
Renata Sanchez – UNISOL Finanças
Marcelo Kehdi Gomes Rodrigues – UNISOL Brasil
 
2ª Mesa – Relações Internacionais: Cooperação Internacional, Comércio Exterior e Internacionalização do Cooperativismo e Economia Solidária.
Ricardo J. M. Buquete – RECM – Argentina.
Gabriel Abascal – CONOSUD – Espanha
Sandra Pareschi – Nexus – Itália
Francesco Garcea – Iscos – Itália
Giorgio Bertinelli – Legacoop – Itália
Alessia Benizzi – Região Emilia Romagna – Itália
Nelsa Inês F. Nespolo – UNISOL Brasil
 
3ª Mesa – Comercialização, Redes e Cadeias Produtivas dos Empreendimentos da Economia Solidária
Juarez de Paula – SEBRAE
Jorge Streit – Fundação Banco do Brasil
Ari Aloraldo do Nascimento – ADS/CUT
Eriberto Buchnann – Ministério do Desenvolvimento Agrário
Niro Barros – UNISOL Brasil
 
4ª Mesa – Aspectos do Marco Jurídico para as Cooperativas e os Empreendimentos de Economia Solidária no Brasil
Dr. Marcelo Mauad – Assessor Jurídico da UNISOL Brasil.
Fabio Sanchez – MTE/SENAES
Arildo Mota Lopes – UNISOL Brasil.
 


Reunião Setorial

 
No período da tarde os delegados se organizaram em grupos, dependendo dos setores de atuação de seus empreendimentos autogestionários: formaram-se 9 grupos, sendo 8 grupos de Setoriais já consolidados dentro da UNISOL Brasil (metalurgia, apicultura, confecção e têxtil, reciclagem, artesanato, construção civil, fruticultura e cooperativas sociais) e um 9º grupo, composto por empreendimentos que não se enquadravam nesses setoriais, dos quais surgiram 2 novos Setoriais, quais sejam: Alimentação e Agricultura Familiar.
 
A abertura Oficial do II Congresso Nacional da UNISOL Brasil, que ocorreu no dia 06/07, pela noite, foi representada por uma mesa diretora composta por autoridades e pessoas das seguintes instituições:
 


Delegados na Plenária

 
Prefeito Luiz Marinho – Prefeitura de São Bernardo do Campo
Antonio Carlos Spis – Central Única dos Trabalhadores
Jorge Streit – Fundação Banco do Brasil
Paulo Okamoto – SEBRAE Nacional
Fabio Sanchez – MTE – Secretaria Nacional de Economia Solidária
Antonio Roberto Lambertucci – Secretaria Geral da Presidência da República do Brasil
Sergio Nobre – Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Ricardo J M Buquete – RECM (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai)
Enrique Castro – CONOSUD – Espanha
Mercê Campabadal i Calbó – Fundació Pau Solidaritat/CCOO – Espanha
Alessia Benizzi – Região da Emilia Romagna – Itália
Francesco Garcea e Sandra Pareschi – CGIL, CISL/NEXUS, ISCOS – Itália
Simone Mattioli – Lega delle Cooperative – Itália
Jean Bergevin e Jacques Letourneau – CSN – Canadá
 
O Segundo dia de Congresso foi o momento de discussões internas da instituição, de avaliação do mandato anterior e do exercício da democracia na eleição da nova direção.
 
Na mesa de Encerramento, no final da tarde do dia 07/07/2009:
 
Huberlan Rodrigues – Rede UNITRABALHO
Juarez de Paula – SEBRAE Nacional
Nilson Tadashi – Prefeitura de São Bernardo do Campo/Secretaria de Desenvolvimento. Econômico.
Enrique Castro – CONOSUD
Sandra Pareschi – CGIL, CISL/NEXUS, ISCOS – Itália
Simone Mattioli – Lega delle Cooperative – Itália
 
Mais reportagens nos links abaixo:
Unisol faz acordo com cooperativa italiana – ABCD Maior 06/07/2009
http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=14437
 
Cooperativas de produção festejam linha do BNDES – Diário do Grande ABC – Economia 3 – 07/07/2009
http://www.cotrimclipping.com.br/arquivos/dgabc3_06_07.jpg
 
Evento debate economia solidária na região – Diário do Grande ABC – Economia 7 – 07/07/2009
http://www.cotrimclipping.com.br/arquivos/dgabc7_07_07.jpg
 

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM