MDA participa de Conferência que valoriza a agricultura familiar

Foto: MDA

A importância da agricultura familiar para a consolidação da segurança alimentar e nutricional e a erradicação da pobreza rural foram destaques na 33ª Conferência Regional da FAO para a América Latina e o Caribe. Realizada a cada dois anos, a edição de 2014 ocorreu entre os dias 6 e 9 de maio, em Santiago, no Chile.
O secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Laudemir Müller, participou do Painel “Reposicionamento da Agricultura Familiar na agenda da América Latina e Caribe”, que contou com a participação de representantes da Bolívia, Guatemala e Jamaica. Laudemir também representou a Reunião Especializada da Agricultura Familiar do Mercosul em um ato especial sobre o Ano Internacional da Agricultura Familiar (AIAF 2014), que contou com a participação do Diretor-Geral da FAO, José Graziano da Silva.
“A experiência de combate à fome, de redução das desigualdades, de superação da pobreza extrema e as políticas para a agricultura familiar e as comunidades tradicionais tornaram o Brasil uma referência internacional não só na América Latina. A grande contribuição que temos dado é mostrar que políticas públicas diferenciadas para a agricultura familiar, construídas e implementadas com participação social, são fundamentais não só para a garantia da segurança alimentar, mas também para impulsionar o crescimento econômico e o desenvolvimento sustentável dos países”, aponta o secretário executivo do MDA.
O documento final negociado pelos países da região incorporou no Plano de Trabalho da FAO as três principais iniciativas regionais da organização para o curto e médio prazo: “Iniciativa América Latina e Caribe sem fome”, “Agricultura Familiar e desenvolvimento rural territorial” e “Melhorar os sistemas alimentares nacionais e regionais no Caribe”.
Fonte: MDA

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM