Mini abatedouro de Cuiabá a um passo de começar a operar

Geraldo Lúcio ao lado de outdoor indicativo da obra de construção do abatedouro

Geraldo Lúcio ao lado de outdoor indicativo da obra de construção do abatedouro


O projeto do mini abatedouro de frangos do Cinturão Verde do bairro Pedra 90, em Cuiabá (MT), aguarda a aprovação do licenciamento ambiental para começar a funcionar. Há dez dias, o documento foi enviado pela Associação Mato-grossense dos Municípios para análise da Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Mato Grosso.
O projeto do abatedouro teve início em 2009. Apesar das instalações já estarem prontas, desde então o empreendimento aguarda a concessão da licença ambiental para poder operar.
Em julho, durante reunião entre a Unisol e a Coopercint (Cooperativa de Produtores do Cinturão Verde do Pedra 90), a Associação dos Municípios havia se comprometido a apresentar ao estado um novo plano para obtenção da licença ambiental. O documento anterior havia sido rejeitado por problemas na estimativa de material a ser descartado e na falta de uma empresa que pudesse retirar os rejeitos da produção do abatedouro.
 

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM