Missão na Bahia visa apoio à cooperativa

Além de fécula, Coopasub quer fazer outros derivados da mandioca como a farinha e a fécula azeda

Além de fécula, Coopasub quer fazer outros derivados da mandioca como a farinha e a fécula azeda


No dia 17 de outubro o assessor da diretoria da Unisol, Alécio Mascarenhas, e o secretário de Agricultura Familiar, Israel de Oliveira Santos, participaram de uma missão para conhecerem as demandas da Cooperativa Mista Agropecuária dos Pequenos Agricultores do sudoeste da Bahia (Coopasub), localizada no município de Vitória da Conquista (BA).
Especializado na produção de fécula de mandioca (matéria-prima para biscoitos, pães, etc), o empreendimento paralisou parte das atividades por quase um ano, em função da seca que atingiu a região. A cooperativa tem 2.306 cooperados, a maioria agricultor familiar, e uma fábrica para processar a mandioca.
Como a chuva voltou a cair, os cooperados querem retornar a produzir, mas pretendem aumentar o leque de produtos. A idéia é fazer também farinha de mandioca e fécula azeda, este último de maior valor agregado que a fécula comum.
“A Unisol vai prestar assessoria para que a Coopasub consiga financiamento e consultoria em gestão e na formação dos associados”, explicou Alécio Mascarenhas. O planejamento traçado prevê financiar o plantio de mandioca em uma área de 1.500 hectares nas propriedades dos cooperados com o compromisso de que eles vendam para a cooperativa.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM