Novos mercados para turismo, esporte e lazer voltados à economia solidária

Os segmentos de turismo, esporte e lazer com foco em economia solidária vão ganhar novos mercados com a participação de brasileiros no quadro diretivo da IVV-Américas, entidade sem fins lucrativos, recém-criada no continente e que está atrelada à IVV (sigla em alemão que significa Federação Internacional de Esportes Populares) .
O “braço” da IVV no continente foi criado recentemente e terá como presidente o estadunidense Curt Myron. Os vice-presidentes serão o brasileiro Antonio Rossi Machado Bastos (conselheiro da Anda Brasil, empreendimento afiliado à Unisol Brasil) e o canadense Ethel Hansen. Outro brasileiro, Marcelo Rodrigues (tesoureiro da Unisol), comandará a tesouraria da entidade internacional.
Entende-se por esporte popular aquele que não é competitivo e visa principalmente à saúde e o bem-estar físico e psicológico como caminhadas na natureza e o cicloturismo. Por conta disso, a participação de brasileiros na entidade contribui para trazer aos empreendedores nacionais novos mercados, já que muitos eventos organizados pela IVV passarão a ser organizados aqui.
Coordenador do Setorial de Turismo da Unisol Brasil e presidente da Anda Brasil, Ayrton Violento frisa que o setor turístico trabalha ligado a outros segmentos. Uma comunidade que produz biojoias pode ampliar suas vendas com a organização de um evento na região onde ela se localiza. “Sem contar a necessidade de preparação de guias de turismo, de gente capacitada a fazer reconhecimento e demarcação de trilhas, etc”, explica.
O tesoureiro da Unisol Brasil e da IVV-Américas, Marcelo Rodrigues, por sua vez, vê o diálogo com a entidade internacional como mais uma ferramenta de difusão da economia solidária brasileira ao mundo. “Além de trazer experiências bem sucedidas de outros países para o Brasil”, conclui.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM