Parcerias em cooperativismo social são discutidas entre Unisol Brasil e incubadora de Secretaria Municipal

CECAPDH Leo 3

Leo Pinho, de camiseta azul, e demais participantes em reunião do CECAP-DH


O setorial de Cooperativismo Social da Unisol Brasil esteve no dia 19 de fevereiro em reunião com o ‪CECAP -‬ Central de Capacitação Popular – Direitos Humanos. Segundo Leo Pinho, coordenador nacional desta frente, “eles estão fazendo um trabalho de formação e mobilização social muito bom na Incubadora de Projetos Sociais da Secretaria Municipal de‪ ‎Direitos Humanos” (da Prefeitura de São Paulo)‬. O objetivo da reunião foi o de discutir parcerias para fortalecer a Economia Solidária no estado paulista.
CECAPDH Leo 1
‬O que é a CECAP/DH– a Central de Capacitação Popular – Direitos Humanos é fruto de um convênio entre a “Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo” com a “Associação Rede Cidadã Multicultural”(CONVÊNIO 57/SMDHC/2014 – REDE CIDADÃ MULTICULTURAL).
Mais que uma proposta particular de um grupo, ou iniciativa de uma Secretaria, a implementação de um local de desenvolvimento de uma política de capacitação de pessoas, e consequentemente, de entidades e associações comunitárias, é uma necessidade da sociedade, e uma ação de cidadania e responsabilidade social.
A pergunta chave é: como desenvolver efetivamente políticas de inclusão com democratização do acesso a verbas públicas sem pensar em meios de capacitação técnica ao alcance das partes interessadas?
É opinião comum dentro de todas as esferas de governo a necessidade de ações com esta finalidade, visto que os órgãos de fiscalização e de controle financeiro estão a cada dia mais exigentes e a burocracia sempre será um elemento de entrave das iniciativas. Dessa forma, o CECAP se mobiliza para realização de capacitação, assessoramento e consultoria públicas e gratuitas para os que tenham tal necessidade.
Metodologia: são realizadas Capacitações em Gestão e Qualificação de Projetos Sociais para atendimento da Sociedade Civil e de Gestores Públicos, sendo divididas em ações de formações e mutirões, plantões e produção de materiais que darão suporte aos participantes mesmo após as capacitações.
– Formações: [Formações nas áreas:]
# Elaboração de Projetos Sociais;
# Execução/Gestão e Prestação de contas;
# Regularização de entidades;
# Editais e Conveniamentos;
# Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil.
[Durações variadas: 20 horas, 12 horas, 9 horas e 3 horas – Workshops, Cursos-Oficinas, Palestras e Seminários]
– Plantões:
Atendimento permanente de Segunda a Quinta-Feira, em período integral (das 09h00 às 17h00), com agendamento prévio por telefone e execução presencialmente na sede da CECAP-DH.
– Mutirões:
Realização de pequenos mutirões de capacitação com caráter de formação e instrução. Serão “Territoriais” (descentralizado nas regiões, bairros, e sub-prefeituras da cidade) e “Temáticos” (dentro das áreas de formação e do nosso público foco de atendimento)
– Produção de Materiais:
Observatório de Editais (Links úteis para instituições e destaque para os editais municipais); Apostilas, e cartilha [digital e impressa] informativa sobre regularização de entidades, observatório de editais, elaboração e formatação de projetos.
PÚBLICO FOCO:
A primeira etapa de implementação será alinhada com a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania, em parceria com as coordenadorias e assessorias dos seguintes temas e atuações:
– Criança e adolescente (CMDCA e FUMCAD) / Juventude / LGBT / Idoso / População em Situação de Rua / Migrantes / Trabalho decente / Educação e direitos humanos / Direito à cidade.
Localizada dentro da “Incubadora de Projetos Sociais” da “Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania”, endereço: Rua Otto de Alencar, nº 270, Cambuci. Tel. (11) 3208-2020 [RAMAL 219]. e-mail: cecapdh@gmail.com.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM