Prêmio Celso Furtado chega a 3ª edição

O Prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional tem por objetivo promover a reflexão, do ponto de vista teórico e prático, acerca do desenvolvimento regional no Brasil. Assim, o público-alvo compreende segmentos representativos da sociedade brasileira, do poder público à sociedade civil organizada, na discussão e identificação de medidas concretas para a redução das desigualdades de nível de vida entre as regiões brasileiras e a promoção da equidade no acesso a oportunidades de desenvolvimento.
As propostas de trabalho deverão enquadrar-se em uma das três categorias abaixo:
Categoria I – Produção do Conhecimento Acadêmico: concorrerão teses de Doutorado e dissertações de Mestrado, que abordem temas para o aprofundamento do conhecimento da questão regional brasileira ou para a implementação de ações comprometidas com a redução das desigualdades regionais, como forma de contribuir para a compreensão da temática e a identificação de medidas de intervenção adequadas ao estágio atual das disparidades regionais no Brasil.
Categoria II – Práticas Exitosas de Produção e Gestão Institucional: concorrerão relatos de experiências em andamento, com resultados positivos concretos, implementadas por instituições governamentais das esferas federal, estadual ou municipal, por entidades privadas e pela sociedade civil, que tenham gerado mudanças estruturais e transformações no território onde está instalada e em seu entorno.
Categoria III – Projetos Inovadores para Implantação no Território: concorrerão propostas inovadoras de atuação no território, de natureza social, econômica, cultural ou ambiental, com comprovado potencial de transformação da realidade socioeconômica em escala sub-regional ou macrorregional, voltados para dinamização econômica e inclusão produtiva, diversificação e fortalecimento da base produtiva e manutenção da competitividade.
A Premiação para a Categoria I ocorrerá conforme os seguintes valores:
Primeiro lugar: Diploma de Reconhecimento de Mérito na categoria em que concorreu e a premiação em valores: i) Para Tese de Doutorado: R$ 27.900,00 (vinte e sete mil e novecentos reais); ii) Para Dissertação de Mestrado: R$ 18.600,00 (dezoito mil e seiscentos reais).
Segundo lugar: Diploma de Reconhecimento de Mérito na categoria em que concorreu e a premiação em valores: i) Para Tese de Doutorado: R$ 13.950,00 (treze mil, novecentos e cinquenta reais); ii) Para Dissertação de Mestrado: R$ 9.300,00 (nove mil e trezentos reais).
Para as Categorias II e III, os valores da premiação obedecerão a seguinte especificação:
Primeiro lugar: Diploma de Reconhecimento de Mérito na categoria em que concorreu e a quantia de R$ 46.500,00 (quarenta e seis mil e quinhentos reais).
Segundo lugar: Diploma de Reconhecimento de Mérito na categoria em que concorreu e a quantia de R$ 23.250,00 (vinte e três mil duzentos e cinquenta reais).
Inscrições
A Fase de Inscrição das Propostas de trabalho ao Prêmio acontece de 12 de março a 31 de agosto de 2012, no endereço www.integracao.gov.br/premio. O Julgamento e a definição dos trabalhos agraciados dar-se-ão em 17 de outubro de 2012. E a Cerimônia de Premiação será realizada em 5 de dezembro de 2012.
Memória
A primeira edição, ocorrida em 2010, homenageou o consagrado economista brasileiro Celso Furtado, que passou a ter o nome incorporado à denominação do Prêmio.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM