PRESIDENTE DA UNISOL DEBATE TURISMO E ARTESANATO NO VALE DO RIBEIRA

Nesta quarta, Léo Pinho encerrou sua visita aos empreendimentos solidários da região, marcada pelo plantio de banana e de palmito pupunha

Um debate sobre a possibilidade de incrementar o turismo e o artesanato na cidade de Sete Barras encerrou nesta quarta-feira (26/5) o último dia de visitas do presidente da Unisol Brasil, Léo Pinho, a empreendimentos solidários do Vale do Ribeira (SP). Reunido com filiados da Coopafasb (Cooperativa de Agricultura Familiar de Sete Barras), Pinho ouviu demandas que a Unisol pode ajudar a defender em Brasília.
E também fez sugestões para os operadores de turismo buscarem recursos para municípios de Interesse Turístico – como é o caso de Sete Barras – junto ao governo do Estado. “Nossa intenção é ajudar a formar uma cooperativa de trabalho que aqueça o setor, sempre dependendo dos operadores do turismo”, disse Pinho.

Léo Pinho e o prefeito de Sete Barras, Dean Martins


Ele também sugeriu aos representantes do artesanato registrar os artistas na Sutaco (Subsecretaria do Trabalho Artesanal nas Comunidades). Pinho ainda visitou o prefeito da cidade, Dean Martins, na companhia do vice, Jorge Kiyoharu, que havia participado da reunião na Coopafasb.
A quarta-feira havia começado em Juquiá, onde, sempre acompanhado da líder estudantil Júlia Köpf, do Coletivo ParaTodos, o presidente da Unisol visitou a Coopafarga – uma das mais antigas cooperativas da região, tão tradicional que reúne agricultores de municípios como Miracatu, Piedade, Registro, São Miguel Arcanjo e até Iguape, no litoral paulista. Pinho fez a exposição dos desafios para os próximos meses, inclusive da luta em Brasília contra os projetos de lei que prejudicam a agricultura familiar em todo o país. E conversou com agricultores da cidade, marcada pelo famoso rio e suas corredeiras.
Nos próximos dias, a Unisol vai divulgar reportagens sobre alguns dos empreendimentos solidários do Vale do Ribeira, especializados no plantio e na venda de banana e, em alguns casos, de palmito pupunha. São cooperativas de primeiro grau que representam agricultores de cidades da região, por sua vez representadas política e logisticamente pela CooperCentral VR, filiada à Unisol.

Equipe da Coopafarga com Pinho e Köpf

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM