PRODUÇÃO COLETIVA DE MANDIOCA REDUZ CUSTO NO BOLSO DO AGRICULTOR

Em média um cooperado gasta na produção individual de 1 hectare de mandioca R$ 1.500,00, isso inclui preparação do solo, plantio e colheita. Com a produção coletiva esse valor reduz para R$ 250,00, o que representa uma economia de 85 % no bolso do agricultor. Para Salviano Sousa, Diretor Comercial da COOPASUB e quem organiza os grupos, “(…) o objetivo é este: baixar o custo e aumentar a lucratividade do agricultor”.
Essa iniciativa da COOPASUB surgiu com a necessidade do fornecimento da mandioca para Fecularia e auxiliar no aumento da renda para o Cooperado. A produção coletiva funciona de uma maneira democrática, solidária e econômica, os produtores se organizam em mutirão e realizam o plantio da área coletiva com 20 hectares de terra e cada agricultor é responsável por sua roça depois do cultivo. Atualmente, o processo está em fase de implantação nos Municípios de Poções e Ribeirão do Largo, e posteriormente nos Assentamentos pertencentes às cidades de Encruzilhada, Vitória da Conquista e Barra do Choça.
Com o compromisso firmado nos Assentamentos, a ansiedade é grande. Antonio Silva, cooperado do Assentamento União, diz: “a expectativa da gente é de crescer, (…) vamos arregaçar as mangas e vamos cumprir com a palavra da gente”. Com esse depoimento, a Cooperativa enxerga que as sensibilizações em prol da cadeia produtiva da mandioca estão dando resultado e vem agregando fiéis nessa luta.
Fonte: Mara Ferraz

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM