Profissionalização é desafio da Rede Sabor Natural do Sertão

O desafio é reorganizar a produção para que os empreendimentos ganhem novos mercados

O desafio é reorganizar a produção para que os empreendimentos ganhem novos mercados


Profissionalizar a produção, mas sem perder a essência do produto artesanal. Esse é o objetivo atual da Rede Sabor Natural do Sertão. O grupo reúne organizações de agricultores, comunidades tradicionais e entidades de apoio à agricultura familiar no semiárido brasileiro, em um total de mais de 2,5 mil famílias participantes.
Dentre os objetivos do grupo estão o desenvolvimento de ações para o incremento e o beneficiamento da produção e a comercialização dos produtos da agricultura familiar. A rede presta também assessoria para os empreendimentos.
“Nosso desafio atual é reorganizar a produção. Ainda temos muitos produtores com um processo muito artesanal, o que afasta alguns clientes de grande porte”, destaca Tiago Pereira da Costa, coordenador da Rede.
Dentre os itens produzidos pelos participantes do grupo estão doces, derivados de mandioca, de cana e de mel, além de bebidas e até artesanato, dentre os quais se destacam cestarias e costuras.
“Embora algumas cooperativas exportem para países como Áustria e Itália, a maior parte dos clientes estão no País. De 50% a 70% desses compradores são do mercado institucional”, complementa o coordenador.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM