Programa Ecoforte destina R$ 175 milhões para cooperativas agroecológicas

BNDES e Conab estão envolvidos no projeto

BNDES e Conab estão envolvidos no projeto


Criado numa parceria entre o governo federal e a Fundação Banco do Brasil, o Programa Ecoforte irá destinar R$ 175 milhões para cooperativas e redes de agroecologia, produção orgânica e extrativismo. O objetivo é fomentar a produção e comercialização de produtos e ampliar a renda de agricultores e extrativistas.
A seleção dos empreendimentos beneficiados será feita por meio de edital, em data ainda a ser divulgada. As redes selecionadas receberão apoio para realizar diagnósticos e elaborar planos de atuação.
Do total de recursos do Ecoforte, R$ 100 milhões serão provenientes do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), R$ 25 milhões da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) e R$ 50 milhões de outras fontes.
A iniciativa faz parte do Plano Brasil Agroecológico, que tem como objetivo articular políticas e ações de incentivo ao cultivo de alimentos orgânicos por agricultores familiares. Para isso, o governo federal prevê o investimento de R$ 8,8 bilhões ao longo de três anos.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM