Projeto de associação se classifica para receber recursos do Incra

O projeto ‘Orgânicos Itamarati’ está entre os 133 que podem receber recursos para modernização de assentamentos

O projeto ‘Orgânicos Itamarati’ está entre os 133 que podem receber recursos para modernização de assentamentos


O projeto ‘Orgânicos Itamarati’, da Associação da Escola Família Agrícola da Fronteira, de Ponta Porã (MS), foi um dos 133 aprovados pelo Terra Forte, iniciativa do Incra (Instituto Nacional de Reforma Agrária) que prevê recursos para a modernização de assentamentos. Agora, falta somente a aprovação do comitê gestor do programa, para que associação receba os R$ 1,290 milhão necessários para o projeto.
O Orgânicos Itamarati é um plano de fabricação de óleo vegetal orgânico e de panificação integral. Ele representa mais um passo na melhoria do aproveitamento dos produtos cultivados pelos 108 agricultores ligados à associação.
“Recebemos uma extratora de óleo, mas os produtores ainda têm muitas dificuldades para fazerem o transporte e ainda faltam outros equipamentos”, destaca Vitor Carlos Neves, coordenador do setorial da agricultura familiar da Unisol Brasil.
A Associação da Escola Família Agrícola da Fronteira existe desde 2002, e está localizada dentro do Assentamento Itamarati, um dos maiores do País, com área de 25 mil hectares. Desde 2009 ela é associada à Unisol Brasil.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM