RECOMEÇA A DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA A MERENDA DE SÃO PAULO.

Cooper Central do Vale do Ribeira reúne 1,5 mil famílias, que agora estão fornecendo para mais de 1 milhão de famílias da capital

A Cooperativa Central do Vale do Ribeira (VR) retomou nesta semana o fornecimento de alimentos para a merenda da cidade de São Paulo. Após negociação envolvendo a Unisol – à qual a VR é filiada –, a Prefeitura da capital paulista resolveu retomar a preparação de merendas para um milhão de crianças atendidas pela rede pública de Educação, mesmo com as aulas presenciais suspensas. A merenda é a única ou a mais importante fonte de nutrientes de grande parte dessas crianças.
Nas duas fortes ondas da pandemia, o fornecimento foi suspenso em razão do fechamento das escolas. Além de colocar os alunos e suas famílias em situação de insegurança alimentar, a suspensão prejudicou o 1,5 milhão de famílias que, agregadas em seis cooperativas, produzem para a VR na região sudeste do Estado.
A negociação para a retomada resultou num aditamento do contrato em três anos – são mais três anos de segurança alimentar para as crianças da rede municipal e de trabalho garantido para famílias do Vale do Ribeira. A primeira carga foi entregue nesta semana.
Em comunicado oficial, a Cooper Central agradeceu ao presidente da Unisol, Leo Pinho, pela “incansável busca por políticas públicas de fortalecimento”. “Não há motivo para que o abastecimento não continue. É a comunidade garantindo a segurança alimentar da própria comunidade”, disse Pinho. O comunicado também agradece o deputado estadual Samuel Moreira e as secretarias da Prefeitura de São Paulo envolvidas na negociação.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM