Rede Olhares do Sul é apoiada pela SENAES em nova etapa dos seus trabalhos

UB RS Maribel Rede Olhares do Sul Credito Maribel Kauffmann e Patuá Comunicação Social

Reunião da Rede Olhares do Sul para discutir as consultorias. Crédito: Maribel Kauffmann e Patuá Comunicação Social.


Numa proposta de valorizar a cultura gaúcha por meio da produção colaborativa, os empreendimentos econômicos solidários (EESs) da Rede Olhares do Sul iniciam uma nova etapa de qualificação. Os EESs Art’Escama, Ecopapel, Feito a Mão, Inovarte e Mãos de Fadas, iniciaram no final de julho de 2015 uma nova etapa de qualificação viabilizada por meio do Projeto Redes, objeto da Secretaria Nacional de Economia Solidária SENAES/M.T.E. 004/2012.
Especializada em acessórios, biojóias, bolsas, camisetas e decoração. Surgida em 2010, a Rede tem o objetivo de vender objetos artesanais e tornar o cliente parceiro na superação da fragmentação nas relações de produção, na melhoria da renda dos envolvidos, na superação da exclusão e na valorização do trabalho coletivo.
Nessa etapa, acontecerão duas consultorias específicas:
1. Consultoria em Comunicação e Divulgação , com três blocos de ações distintas:
1.1 Oficinas : Como agregar valor da Economia Solidária aos produtos; Criação e Gestão de Mídias Sociais; Manipulação e Publicação de Imagens;
1.2 Pesquisa, Diagnóstico, Análise e Definição de plano de ação para impulsionar a Marca da Rede;
1.3 Desenvolvimento de campanha de comunicação institucional que inclua a produção de ferramentas institucionais.
2.Consultoria em desenvolvimento de produtos, com três eixos:
2.1 Pesquisa de Tendências e Técnicas de artesanato, planejamento e desenvolvimento da coleção –definição de público-alvo, do Conceito e da Estratégia de apresentação dos produtos.
2.2 Programa de qualificação técnica continuada em artesanato nos temas Papel, Tecido, Ecojóias, Estamparia Papel.
2.3 Acompanhamento ou desenvolvimento produtivo da coleção junto aos empreendimentos de acordo com as técnicas desenvolvidas nas oficinas.
A partir de agora, os EESs da Redes Olhares do Sul passam a realizar de forma concomitante as duas consultorias, com agendas conjuntas e específicas em cada Empreendimento. A Rede Olhares do Sul é fruto da organização, planejamento e atuação dos Empreendimentos da Setorial de Artesanato da Unisol RS, que já acessou recursos via Projetos da Petrobras, da Fundação Luterana de Diaconia, e da Senaes/M.T.E.

Projetos 

Em  2012, a coleção POA valeu-se de muita criatividade e de um olhar sustentável para o que poderia ser considerado material descartável – como lonas de malotes dos Correios, banners, pet e escamas de peixes.Esta coleção agregou design e funcionalidade. Foram bolsas, acessórios, peças para decoração, carteiras, entre outros itens. O lançamento, com tema inspirado nas cores de Porto Alegre, foi em dezembro de 2012, na sede da Unisol, no centro da capital Porto Alegre. Esse pode ser considerado o primeiro resultado importante do projeto Artesanato, Economia Solidária e Turismo de Eventos, realizado pela Cooperativa de Sociólogos Solidários – Coopssol Brasil, com execução da Unisol RS e apoio da Avesol, Fundação Luterana de Diaconia, TFL e patrocínio do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania.
 A coleção foi apresentada após um ano de estudos, pesquisas e aprimoramento da qualidade dos produtos e da gestão, a articulação em rede de dez empreendimentos e o envolvimento de 81 pessoas.
Fontes: Unisol RS/Maribel Kauffmann; Blog Rede Olhares do Sul; Site Cirandas.Net.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM