Rede Olhares do Sul é certificada como tecnologia social

Rede foi avaliada em critérios como reaplicabilidade do projeto, transformação social e interação com a comunidade

Rede foi avaliada em critérios como reaplicabilidade do projeto, transformação social e interação com a comunidade


A organização de uma rede de empreendimentos solidários para comercialização e desenvolvimento de produtos artesanais levou a Rede Olhares do Sul, do Rio Grande do Sul, a ser incluída pela Fundação Banco do Brasil no Banco de Tecnologias Sociais da entidade.
Antes de receber o certificado, a Rede foi avaliada pela Fundação em critérios como reaplicabilidade do projeto, a transformação social e a interação com a comunidade no percurso de um ano. Atualmente, a rede reúne 11 empreendimentos, com um total de 220 cooperados.
O Banco de Tecnologias Sociais é um cadastro que reúne dados sobre projetos desenvolvidos para a solução de problemas sociais. O objetivo é permitir a reprodução dessas iniciativas em outros locais com demandas semelhantes.
No banco de dados, estão registradas informações a respeito dos problemas solucionados, o envolvimento da comunidade e os recursos necessários para a implantação do trabalho em outros locais.
TS2 RedeOlhares

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM