Publicado em Deixe um comentário

Parceria entre Rede Articulando e ABIH faz ação piloto no Travel Inn Ibirapuera

Nos dias 09 e 10/11, uma parceria entre a Rede Articulando e a Associação Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH) deu início a uma experiência inédita, levando para os hotéis da associação estandes de exposição e comercialização de peças do artesanato paulista.
O piloto dessa ação aconteceu no hotel Travel Inn Ibirapuera, e a intenção é divulgar o artesanato, promover o trabalho artesanal e valorizar as peças desenvolvidas em São Paulo. Displays especiais para a exposição dos itens foram desenvolvidos pela Rede Articulando, em harmonia com o foyer do hotel. Foram expostos e comercializados produtos em cerâmica, toy art, acessórios, bolsas e outros itens para decoração.
O público do hotel inclui turistas e também executivos, pessoas que lá estão hospedadas a trabalho. A seleção dos itens levou isso em consideração. Em acordo com a direção do hotel e a ABIH, esse piloto aconteceu em horário determinado pelo maior trânsito e presença dos hóspedes, entre 19h e 22h. É um primeiro teste, que ajudará a modular a proposta.
Para Marina Prudente de Toledo, da Rede Articulando, estar nesse lugar dá visibilidade tanto para o artesão/ã quanto para o artesanato, e promove sua valorização: “Um dos grandes pilares da Rede é a valorização do artesanato do estado de São Paulo. Falar em inovação em artesanato pode parecer estranho para muita gente, mas é fundamental. Temos que inovar principalmente em momentos de crise, como esse que estamos passando, e percebemos que é possível mudar modelos antigos, ultrapassados, e criar parcerias que são inusitadas como a própria forma de expor, desenvolvendo um mobiliário que valoriza ainda mais os produtos artesanais. Turismo está ligado diretamente a artesanato, em qualquer parte do mundo se faz essa dobradinha, por que não aqui? Plantamos a semente. Os números ainda são insípidos porque foram só dois dias, mas já há uma mudança, foram apresentadas possibilidades de expormos em outros hotéis da rede Travel Inn, em Higienópolis, Vila Olímpia, e isso mostra a capilaridade que a rede hoteleira pode oferecer ao artesanato paulistano”.
Para a ABIH, parcerias como essa vão ao encontro do objetivo de fomentar hotéis associados trazendo novas perspectivas de receita e novidades para os hóspedes. Quem avalia é Gláucia Sangiovanni, gerente operacional da associação em São Paulo. “Foi muito gratificante estar no lançamento do projeto e ver os artesãos abertos a ações novas. E o que eu vi também da rede Travel Inn foi uma reciprocidade verdadeira. Eles estão muito contentes com o projeto e já pensam em levar esse trabalho para outros hotéis da rede, nas épocas de alta; para que os hóspedes possam ver que o artesanato paulista existe com uma qualidade superior à que é esperada. A perspectiva para 2018 é que consigamos levar isso para outros hotéis da nossa associação. Foi um trabalho pioneiro no Travel Inn e espero que no próximo ano muitos outros hotéis recebam a Rede Articulando”.
Marina, da Rede Articulando, avalia que essa experiência vai fazer muita diferença em como as pessoas e empresários de outros ramos enxergam o artesanato, e que é possível explorar outras formas de comercialização, sem esquecer das políticas públicas. Criada em 2015 com o objetivo de realizar projetos para a promoção e desenvolvimento do artesanato, a Rede Articulando busca valorizar, informar, divulgar, comercializar e capacitar artesãos e artesãs paulistas e paulistanos. Além de constituir representatividade para esses profissionais, busca aproximá-los dos princípios da economia solidária.
O grupo facilita a participação em feiras e eventos de parceiros e promove articulações, além de ajudar na construção de propostas de políticas públicas ou demandas específicas.
 

Publicado em Deixe um comentário

Incubadora de Empreendimentos Solidários de SBC-SP se reúne com Prefeitura de SBC

Bete Charlotte Sec Tur  STDE  5 SBC
Reunião com Secretario da Prefeitura de São Bernardo do Campo (SP)

A experiência de Economia Solidária também foi tema de palestra EAD para a Universidade Metodista

Nesta quinta-feira, em São Bernardo do Campo (SBC-SP), a Unisol Brasil (UB) avançou mais uma etapa para ampliar a parceria da Incubadora de Empreendimentos Solidários de São Bernardo do Campo com as autoridades locais.
Elizabete Rocha, assessora da UB, junto com Djenane Martins, da Charlotte Arte e Costura, cooperativa filiada da UB, participaram da plenária de prestação de contas e orçamento participativo 2015, realizada pela Prefeitura de SBC.
Em seguida, tiveram reunião com o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo deste município, Jefferson José da Conceição e com o Secretário adjunto, Carlos Alberto Krika. Também presentes, Regina Zanke, pelo Departamento de Empreendedorismo Trabalho e Renda da Prefeitura de SBC.
O objetivo da reunião foi o de buscar de alternativas de ampliação das atividades para os grupos de Economia Solidária, incluindo a Charlotte Arte e a Tecoste Confecções – ambas fazem parte do APL Têxtil e Confecções – Arranjos Produtivos Locais.
No período noturno, à convite do Professor Luiz Silvério, da Universidade Metodista de São Paulo (SBC-SP), Rocha ministrou uma palestra no formato de ensino à distância (EAD) e bate papo com mais de 1.500 alunos e alunas que estavam online, do curso de administração desta instituição, sobre Empreendedorismo e Economia Solidária (ES).
No evento, Rocha mostrou a experiência da UNISOL Brasil nos temas da ES, as relações inter redes, processos de formalização e a inovação como aliada do aprendizado.
 

Publicado em Deixe um comentário

Seleção de projetos ECOUNI: não perca esta oportunidade em inovação!

logo
A Unisol Brasil tem a satisfação de convidar interessados em participar do edital de seleção de projetos – Programa ECOUNI INOVA.
O Programa ECOUNI INOVA, parceria da UNISOL BRASIL com o SEBRAE Nacional, destina-se ao custeio de consultorias técnicas. Estas consultorias serão voltadas para a inovação dos processos produtivos, de gestão e de produtos, privilegiando o desenvolvimento e aplicação de novas tecnologias sociais.
Esta iniciativa tem por objetivo gerar maior valor agregado aos produtos e serviços da economia solidária. Conceito introduzido no Brasil há 12 anos, este novo tipo de economia é o espaço que promove melhor distribuição de renda e justiça social. Neste edital, a Unisol Brasil proporciona uma excelente oportunidade para os empreendimentos econômicos solidários (EES) filiados.
O desenvolvimento técnico, as capacitações e consultorias fazem com que os EES tenham melhores condições de participação no mercado, preparando os mesmos para as expectativas do mundo atual.
Com este programa, a UNISOL Brasil e o SEBRAE Nacional, reafirmam seu compromisso de fomento e estímulo à auto gestão como instrumento de avanço social e econômico do país. Estimula a geração de renda, trabalho e aumento da participação dos menos favorecidos na produção e distribuição da riqueza produzida. Em última análise, consequentemente, estimula e fortalece a cidadania.
Desta forma, a UNISOL BRASIL reforça o convite a todos os empreendimentos filiados a participarem do processo de seleção, dentro das condições estabelecidas pelo edital.
Para mais informações, como ver o Edital completo, os Conceitos de Inovação e o Roteiro de
Formulário, e acessar o formulário de inscrição, acesse a matéria ‘Seleção de Projetos ECOUNI…”, na aba notícias, no site www.ecouni.com.br/noticias 

Publicado em Deixe um comentário

Setorial de Economia Criativa da Unisol Brasil quer conhecer o seu trabalho na cultura!

Equipe Setorial de Economia Criativa3
Com o objetivo de levantar demandas específicas e construir as possibilidades de encaminhamentos em formação, formalização, assessorias e desenvolvimento de políticas públicas, um mapeamento está sendo realizado pelo Setorial de Economia Criativa (Economia das Culturas) da Unisol Brasil. Você, que é parte das ações de cultura do estado paulista, colabore!
Basta fazer o preenchimento do formulário disponível no link abaixo e compartilhar esta informação no seu mailing e rede de contatos.
Esta iniciativa não tem custos. O projeto Economia Solidária como Estratégia de Desenvolvimento tem a SDTE como protagonista principal, execução  da UNISOL Brasil e parcerias das Rede das Casas da Cultura Hip Hop, Secretaria de Desenvolvimento Trabalho e Emprego (SDTE) da Prefeitura Municipal de São Paulo (PMSP), MH2R, UPM e Hip Hop Mulher.
Link do formulário: http://unisol.coop/gy

Publicado em Deixe um comentário

Aplicativo para ônibus na madrugada de São Paulo é projeto articulado pela Unisol Brasil

Aplicativo Coletivo da Madrugada
Evento de apresentação do ônibus da madrugada e do aplicativo

Disponível apenas para Android, em breve novos aplicativos serão criados para outros aparelhos
A partir do sábado, 28 de fevereiro, a cidade de São Paulo passou a contar com os ônibus da madrugada. Em um total de 151 linhas rodando entre 0h e 4h, o projeto da Secretaria Municipal de Transportes atenderá a todas as regiões da capital paulista e deve beneficiar, principalmente, trabalhadores como garçons, motoristas, porteiros, profissionais da saúde e demais cidadãos que a trabalho ou a lazer, precisam circular neste horário e passam a não ter que esperar amanhecer para chegar no seu destino.
Outra novidade é o aplicativo Coletivo da Madrugada, disponível para Android, um projeto liderado e articulado junto às Secretarias Municipais de São Paulo pela Unisol São Paulo, apoiado pela Unisol Brasil (UB) e desenvolvido pelo Coletivo Scipopulis. Entre as funções oferecidas, o dispositivo permitirá que o usuário saiba a localização do ponto de ônibus mais próximo, a disponibilidade das linhas e sua programação, atualizados em tempo real. As informações poderão ser consultadas online.
Desenvolvido com base no banco de dados da SPTrans, a ideia é que novos aplicativos sejam criados para outros aparelhos tecnológicos como os Iphones e outras plataformas.
Leo Pinho, coordenador nacional do setorial de cooperativismo social da UB, declarou, em reconhecimento à Rogerio Sottili, secretário-adjunto de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo: “agradecemos pela atenção, orientações e apoio para a Unisol Brasil apresentar o projeto do Aplicativo Coletivo para o Secretário de Transportes do município de São Paulo, Jilmar Tatto. Agora, o aplicativo é uma realidade e vai contribuir com essa grande conquista para a cidade, em especial para a juventude, a dos ônibus da madrugada. O aplicativo Coletivo da Madrugada é uma nova experiência com o transporte público, ampliando a participação social”.
O aplicativo também se associa ao Catraca Livre e mostra os eventos que estão acontecendo durante a madrugada. Pinho continua: “o Coletivo é uma inovação fundamental e irá colaborar com a participação ativa e social dos usuários do transporte público na cidade. E é resultado de diversos parceiros e parceiras que colocam seu conhecimento para construir uma cidade mais justa e participativa, a Unisol Brasil, a Design Possível, de Ivo Pons, entre outros”, ressalta.
Em declaração no Facebook, Sottili comentou: “Há um tempo fui procurado pela Unisol Brasil para falarmos sobre o desenvolvimento de um aplicativo relacionado ao transporte público municipal. Levei a questão ao Secretário de Transportes, Jilmar Tatto, que abraçou a ideia prontamente. O resultado disso é o recém-lançado aplicativo “Coletivo da Madrugada”, que dará a oportunidade a(o)s paulistanos(as) de consultarem as linhas de ônibus e itinerários disponíveis nas madrugadas, a partir do dia 28 de fevereiro, quando o serviço noturno começa. Esse é mais um mecanismo de participação social implementado no nosso município, pela nossa gestão municipal, incentivando a tecnologia social e associativismo! Com democracia participativa, estamos construindo formas cada vez mais inovadoras de cidadania.Essa é a vocação da nossa cidade!”, concluiu.
Matéria no R7 mostra aprovação do serviço pela população paulista: http://unisol.coop/gg
Fontes: Facebook Unisol Brasil, Unisol São Paulo, Site Catraca Livre, Portal R7.
Aplicativo coletivo da madrugada
Crédito da foto: Portal R7

 

Publicado em Deixe um comentário

Ações sustentáveis são foco do painel Inovação e Tecnologia

Novos projetos aliados à inovação e tecnologia prometem revolucionar o cenário nacional futuramente. Essas foram às palavras do tesoureiro da UNISOL Brasil, Gilson Gonçalves, que mediou o painel ‘Inovação e Tecnologia’ ao lado do organizador Fábio Luiz Cardoso, coordenador do projeto Cataforte (Programa de Fortalecimento do Associativismo e Cooperativismo dos Catadores de Materiais Recicláveis). O evento aconteceu durante o primeiro dia do Seminário Nacional e 3º Congresso UNISOL Brasil, nesta quarta-feira, 21, no Cenforpe Ruth Cardoso, em São Bernardo do Campo.
Em linhas gerais, Gonçalves colocou a sustentabilidade como palavra de ordem do painel. Para ele, a fomentação e comercialização de conceitos inovadores, aliada a novos projetos, não são apenas na Ecouni, marca de produtos sustentáveis da UNISOL Brasil.
“Atualmente, a inovação acaba se limitando pela ausência de investimentos. Pensamos no painel como forma de manter o debate aberto e amplo, já que nossa meta é fazer com que esse novo conceito chegue o quanto antes na vida das cooperativas do País”, declarou o tesoureiro.
Um dos presentes durante o painel foi Clóvis Aguiar da Silva, coordenador geral da Cooarlas (Cooperativa de Trabalho Amigos e Amigas Solidárias), da cidade de Canoas, Rio Grande do Sul. Para ele, a tecnologia é capaz de agregar renda. “A inovação facilita a vida do trabalhador, e um dos exemplos que temos é o catador, que posteriormente se utiliza de técnicas para o bom andamento da cooperativa”, declarou Silva.
Uma das fundadoras da UNISOL Brasil, Neli de Souza Silva Medeiros, tem expectativas de sair do seminário com mais experiência em termos de tecnologia. A também presidente da Redesol, de Minas Gerais, acredita na conquista de novas lideranças políticas para representar as cooperativas nesse debate.
Jorge Pajuaba, presidente da Aprobem, do Rio de Janeiro, já visa o desenvolvimento sustentável no local onde atua. “Para Inovar é preciso ter consciência social, não podemos deixar de pensar na sustentabilidade”, observou.
Com informações de Ricardo Constantino – assessor de comunicação da UNISOL Brasil para o Congresso. 

Publicado em Deixe um comentário

Micro e pequenas empresas mais competitivas

A 18ª edição da Revista Inova, de junho e julho de 2012, traz em suas páginas a matéria “Micro e pequenas empresas mais competitivas”, reportagem que aborda os 40 anos que o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) completará em outubro deste ano, além de demonstrar o crescimento que as empresas tiveram em todo o País, de acordo com Luiz Eduardo Pereira Barreto Filho, presidente do Sebrae desde 2011.
O Sebrae é a principal vertente para fomentar novos negócios e oferecer suporte em um mercado fortemente competitivo, municiando os empreendedores de ferramentas e orientações especiais para que se destaquem no cenário nacional. Os empreendedores individuais e as micro e pequenas empresas representam 99% do total de empresas no País e 53% dos empregos formais. Mas sua fatia no PIB (Produto Interno Bruto) equivale a apenas 20%.  E o caminho para aumentar a produção, produtividade e lucratividade nesse segmento é o da inovação.
Por isso, este ano e até 2013, o Sebrae investirá R$ 780 milhões em projetos inovadores. Para conferir a reportagem na íntegra clique aqui:
 

Publicado em Deixe um comentário

Prazo do Programa Investimento Solidário é prorrogado

A UNISOL Brasil anunciou ontem a prorrogação do prazo para envio de projetos até 02 de setembro de 2012. Os empreendimentos econômicos solidários ganharam mais um mês para se inscrever no Programa Investimento Solidário, lançado em junho. O programa constituirá um Banco de Projetos de Investimentos Solidários, destinado à modernização dos processos produtivos, além de viabilizar o financiamento das ideias selecionadas por meio do edital.
Vale destacar que o participante pode enviar quantos projetos desejar, sendo que a aprovação de uma ou de mais ideias ficará a critério de Comissão Executiva composta por representantes da UNISOL Brasil e parceiros convidados.
Nesse sentido, a UNISOL BRASIL convida a todos os empreendimentos filiados a participarem. Ações inovadoras são sempre bem vindas a fim de fortalecer a Economia Solidária e criar alternativas para que o País continue em plena ascensão. Para o empreendimento que ainda não começou a escrever o projeto, é importante iniciar já. Contamos com você. Boa Sorte!
Programa de Investimento Solidário – UNISOL Brasil
Prazo de inscrição: 02/09/2012
Mais informações: www.unisolbrasil.org.br/pis ou Clique aqui.

Publicado em Deixe um comentário

UNISOL Brasil lança plataforma em apoio a projetos inovadores

Aperfeiçoamento e aumento da capacidade produtiva, essas são palavras de ordem para quem deseja aprimorar o próprio empreendimento com o desenvolvimento de ações inovadoras. É com este objetivo que a UNISOL Brasil decidiu criar o Programa Investimento Solidário, plataforma lançada nesta sexta-feira, dia 01. A ação conta com a parceria da Red del Sur – rede de entidades de representação do cooperativismo de trabalho e da Economia Solidária no âmbito do Mercosul.
Criado exclusivamente para atender os empreendimentos filiados a UNISOL Brasil, o programa constituirá um Banco de Projetos de Investimentos Solidários, destinado à modernização dos processos produtivos, além de viabilizar o financiamento das ideias selecionadas por meio do edital.
Os empreendimentos econômicos solidários já podem se inscrever a partir de hoje, lembrando que precisam estar com todas as obrigações em dia. Vale destacar que o participante pode enviar quantos projetos desejar, sendo que a aprovação de uma ou de mais ideias ficará a critério de Comissão Executiva composta por representantes da UNISOL Brasil e parceiros convidados.
A cooperativa que se inscrever deve ficar atenta, pois é de responsabilidade do participante certificar-se periodicamente das novidades relacionadas ao programa, eventuais avisos e acompanhar os resultados disponibilizados através do site www.unisolbrasil.org.br.
É importante que a cooperativa já comece a escrever o projeto, já que o prazo para inscrição se encerra dentro de dois meses. Nesse sentido, a UNISOL BRASIL convida a todos os empreendimentos filiados a participarem. Ações inovadoras são sempre bem vindas a fim de fortalecer a Economia Solidária e criar alternativas para que o País continue em plena ascensão. Contamos com você. Boa Sorte!
Programa de Investimento Solidário – UNISOL Brasil
Período de inscrição: 01/06/12 – 01/08/12
Mais informações: www.unisolbrasil.org.br/pis ou Clique aqui.

Acompanhe a entrevista que o diretor secretário geral da UNISOL Brasil, Marcelo Rodrigues, concedeu a TV dos Trabalhadores. 

Publicado em Deixe um comentário

FINEP cria estímulo à inovação contínua de empresas

O presidente Glauco Arbix, em coletiva para a imprensa, anunciou detalhes da nova política  operacional da FINEP 2012-2014, que visa dinamizar a análise dos projetos que chegam à Financiadora e contribuir para alavancar a inovação da indústria brasileira. Foi criada a Conta Inova Brasil, que abre um crédito para empresas que façam investimentos permanentes em inovação. Se a estratégia dessas companhias é atender a requisitos, tais como a inclusão de empresas de base tecnológica para atuar como fornecedores, aumento de qualificação de trabalhadores, contratação de pessoal, parceria com ICTs e internalização de processos de engenharia consultiva, o financiamento poderá ter aportes anuais extras de até 35% em relação ao pedido original.
“Será uma espécie de cheque especial para a inovação, estimulando as estratégias corporativas que contemplem ações em Pesquisa e Desenvolvimento”, explicou Arbix. O presidente também anunciou que a FINEP irá financiar em até 80% a construção de fábricas ligadas a atividades que dão continuidade à geração de novos conhecimentos (primeira unidade fabril). “Também vamos apoiar a fusão e incorporação de empresas”, afirmou, complementando que a FINEP quer direcionar seu foco para atividades que visam posicionamento competitivo no cenário internacional.
Glauco anunciou também que os prazos de financiamento da FINEP passarão de até 10 para até 12 anos e que o prazo de carência – antes de até três anos – saltou para até 54 meses, ou seja, o prazo de execução será de até 48 meses acrescido de seis meses (quatro anos e meio). Este novo limite não é válido para propostas financiadas pelo Plano de Sustentação do Investimento (PSI), com condições pré-estabelecidas.
No ano passado, o PSI contratado (o repasse foi de R$ 3,75 bilhões) teve dois subcréditos: com taxas de 4 % e os prazos de até 36 para carência e mais até 84 parcelas mensais para amortização, o que representa até 10 anos no total; com taxas de 5 % e prazos de carência de até 24 meses e até 72 parcelas mensais para amortização, o que totaliza até 96 meses (oito anos).
Ainda sobre o PSI, a FINEP espera contar com mais R$ 6 bilhões em seu orçamento de 2012. O presidente da FINEP afirmou que existem hoje R$ 14 bilhões entre solicitações efetivas e em negociação. “Quanto maior a incerteza advinda da inovação, maior será o nosso incentivo. Com a implementação da nova política, teremos melhores direcionamentos de análise e a consolidação de um modelo que agilizará os nossos processos”, finalizou.
Para conferir o material clique aqui.