Publicado em Deixe um comentário

Rio Branco, capital do Acre, abriga II Feira de Economia Solidária em homenagem ao dia do feirante

WhatsApp Image 2017-08-21 at 21.32.13
Em homenagem ao Dia Nacional do Feirante (25 de agosto), a cidade de Rio Branco, capital do estado do Acre abriga a II Feira de Economia Solidária. Nos dias 25, 29, 30 e 31 de agosto e 02 de setembro serão promovidas atividades que incluem seminário, comercialização de produtos da Economia Solidária, atendimento de saúde, atividades culturais e esportivas.
O evento, realizado pela UNISOL, Governo do Estado do Acre e Prefeitura de Rio Branco, com apoio do Sebrae e várias outras instituições, reunirá cerca de 70 empreendimentos solidários e ambulantes, que comercializarão produtos da agricultura familiar, alimentação, piscicultura, jardinagem, artesanato, costura e movelaria.
A programação começa no dia 25, com a realização do seminário “Desenvolvimento Sustentável com novos desafios para a Economia Solidária”. Essa atividade acontece no auditório da Assembleia Legislativa e promoverá painéis sobre Programa de Feiras Regionais; Mercado, comercialização e cadeias produtivas; e educação ambiental. As outras atividades acontecem no Ceasa.
O Deputado Federal Raimundo Angelim, que já foi prefeito de Rio Branco, responsável pelo fomento à Economia Solidária na cidade e hoje coordenador da Frente Parlamentar pela Economia Solidária, participará do seminário abordando mercado, comercialização e cadeias produtivas. “Empoderar os feirantes é fortalecer a produção e o comércio popular”, destaca o Deputado Angelim.
Para Leo Pinho, presidente da UNISOL Brasil, “a II Feira de Economia Solidária homenageando todos e todas feirantes do país é parte de um processo mais amplo que vem sendo promovido no Acre, combinando mobilização, comercialização e atividades de formação visando consolidar o processo de formação da UNISOL no estado.”
Confira a programação:
25/08
Seminário Desenvolvimento Sustentável com novos desafios para a Economia Solidária
8h – Abertura
9h30 – Painel 01: Programa de Feiras Regionais. Expositores: SAFRA e SEPN, COMTES
10h30 – Painel 02: Mercado, comercialização e cadeias produtivas. Expositores: Sebrae, deputado federal Raimundo Angelim e SEAPROF.
11h30 – Painel 03: Educação Ambiental. Expositores: SEMEIA
Local: Auditório da Assembleia Legislativa
26, 27 e 28/08
Organização e mobilização da Feira
29 e 30/08
Atendimentos e promoção de cidadania (orientações jurídicas e em serviços sociais)
Coordenação: SEPMulheres, SEMAM e SEMACS
29/08 a 02/09
Exposição e comercialização de produtos da agricultura familiar
30/08
8h às 18h – atividades de comercialização da feira
9h – Atividade cultural (Clube do Talento) – coordenação SEMCAS
10h – Moção em homenagem aos feirantes (vereador Mamed Dankar Neto
31/08
8h às 18h – atividades de comercialização da feira
9h às 12h – Atendimento de saúde – coordenação SEMSA
Apresentações culturais e esportivas
01/09
8h às 18h – atividades de comercialização da feira
9h às 12h – Atendimento do CRAS e embelezamento
02/09
Encerramento
 

Publicado em Deixe um comentário

Feira do Peixe e Agricultura Familiar agita a Semana Santa no Acre

Divulgação/ Assis de Lima - Prefeitura de Rio Branco
Divulgação/ Assis de Lima – Prefeitura de Rio Branco

De 12 a 14 de abril a Prefeitura da cidade de Bujari e o Governo do Estado do Acre promovem a 7ª Feira do Peixe e da Agricultura Familiar da Semana Santa. Realizada no Mercado Municipal, a Feira contará com a participação de empreendimentos da agricultura familiar, artesanato e jardinagem.
A expectativa é que a Feira de Bujari atraia pessoas das cidades vizinhas oferecendo, além do pescado, frutas, legumes e outros produtos da agricultura familiar. Durante os três dias serão comercializados peixes como tambaqui, tilápia, curimatã, piau e Matrinchã. Além de impulsionar a economia local, a Feira incrementa a renda dos piscicultores e produtores da agricultura familiar.
A Feira do Peixe e da Agricultura Familiar acontece também na cidade de Rio Branco, capital do Acre, de 12 a 15 de abril. O evento será realizado simultaneamente na Central de Abastecimento de Rio Branco (CEASA) e nos mercados Elias Mansour, da Estação Experimental, do Bosque, da Seis de Agosto e Cidade do Povo, além de Peixeiros da Avenida Amadeo Barbosa, comunidades do Panorama e Quixadá e as feiras do Rui Lino e Conjunto Universitário.
São esperados R$1,5 milhão de movimentação financeira com participação de 50 produtores familiares, 28 piscicultores, 11 empreendimentos da economia solidária e empresas privadas. O objetivo geral da feira é promover a exposição e comercialização do pescado e de produtos hortigranjeiros a um preço acessível à população, proporcionando a melhoria da renda aos produtores, piscicultores e comerciantes. Os participantes são os piscicultores, agricultores familiares, associações de produtores, cooperativas, empresas privadas comerciantes, atacadistas da CEASA, instituições parceiras, empreendimentos solidários e população em geral.
A UNISOL é parceira e apoia as duas Feiras.

Publicado em Deixe um comentário

Coopdaf ganha novos equipamentos

O prefeito da cidade de Rio Branco, Raimundo Angelim repassou, no dia 10 de outubro, máquinas e equipamentos para a Coopdaf (Cooperativa Delícias da Floresta) com o objetivo de contribuir na consolidação do processo produtivo do grupo, beneficiando diretamente 21 famílias.
O repasse foi feito por meio da Comtes (Coordenadoria Municipal do Trabalho e Economia Solidária) e a aquisição desses equipamentos são provenientes do Projeto Estruturação de Empreendimentos Econômicos Solidários e fortalecimento dos canais de comercialização da Economia Solidária com recursos alocados por meio de Emenda Parlamentar de autoria do deputado federal Gladson Cameli junto ao MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) e Senaes (Secretaria Nacional de Economia Solidária).
A UNISOL Brasil é uma importante parceira da cooperativa e também esteve presente no evento por meio dos assessores Carlos Omar e Jardeson Pacífico, que aproveitarm a ocasião para falar da história do empreendimento e o papel que vem realizando para a Economia Solidária.
A Coopdaf foi fundada em 2002, surgiu com o objetivo de gerar emprego e renda para grupo de mulheres dos bairros LBA, Betel e Mauro Bittar, entre outros, qualificando-as especialmente no processo de produção e comercialização. Atualmente fazem parte 21 cooperadas que no início trabalhavam na produção de bombons e castanhas cristalizadas. Em 2009, elas assumiram o restaurante do Ciesp (Centro Integrado de Estudos em Segurança Pública) Francisco Mangabeira, tendo como principal desafio servir diariamente refeições para mais de 600 policiais militares que estavam em processo de formação.
Os equipamentos servirão para dinamizar a produção, permitindo assim maior rapidez no processo produtivo, bem como o beneficiamento e processamento de alimentos para eventos (coffe breack, coquetéis, almoços).
Entre os equipamentos repassados estão um fogão de oito bocas com forno, exaustor para cozinha, forno elétrico, freezer vertical, dois liquidificadores industriais de 10 litros, uma batedeira industrial planetária de 12 litros, uma balança eletrônica de 20 quilos e um tacho com conexão para frituras a gás de capacidade de 24 litros.
Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura da Cidade de Rio Branco, Acre.