Unisol Brasil na 23ª FEICOOP: Unidade contra o Golpe


A Unisol Brasil – Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil – marcou presença na 23ª Feira Internacional do Cooperativismo (FEICOOP), maior evento latino americano de Economia Solidária, que aconteceu durante os dias 8 e 10 de julho, no Centro de Referência em Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, em Santa Maria, Rio Grande do Sul.
A edição deste ano bateu recorde de público, recebendo 248 mil visitantes que puderam usufruir de um espaço de articulação e compartilhamento de experiências, visando o fortalecimento de empreendimentos econômicos solidários (EESs), membros de entidades de fomento e apoio à Economia Solidária, gestores públicos, agricultores familiares, catadores, povos e comunidades tradicionais e trabalhadores de diversos segmentos.
Durante o evento, a Unisol Brasil realizou debates e rodas de conversa, participou ativamente da Assembleia Nacional do Movimento de Economia Solidária e foi parceira da Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo de São Paulo na mobilização de uma caravana vinda da cidade de São Paulo para o evento.
Confira abaixo os detalhes da participação da Unisol Brasil na FEICOOP:
 
Dia #1: UNICOPAS – Unidade em defesa da classe trabalhadora
13620008_1048785281843152_8699255002736481027_n
Na sexta-feira, primeiro dia da feira, foi realizada uma roda de conversa promovida pela Unicopas (União Nacional das Organizações Cooperativistas Solidárias) – composta pela Unicafes (União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária), Unisol Brasil (Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários) e Concrab (Confederação das Cooperativas da Reforma Agrária do Brasil) – com a participação do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis – MNCR, Movimento da População de Rua – MNPR e representantes de Incubadoras Universitárias e Públicas.
Durante o encontro, foi apresentada a experiência de construção da UNICOPAS como campo de unidade do cooperativismo popular e da Economia Solidária como estratégia de desenvolvimento. Os participantes da atividade dialogaram sobre a atual situação do país e a necessidade da construção de um frente unificada com representantes do cooperativismo popular, Economia Solidária e movimentos sindicais e populares.
Esta unidade visa à construção de um programa de ação em defesa da classe trabalhadora, para a manutenção de suas conquistas, direitos e o avanço da democratização do cooperativismo brasileiro. O dirigente da MNCR, Roberto Rocha, e outros dirigentes do movimento, compartilharam experiências no processo de construção da Unicatadores e demonstraram interesse em fazerem parte da Unicopas.
Ainda na sexta-feira, colaboradores e empreendimentos filiados à Unisol Brasil participaram do III Encontro Nacional da Juvesol – Juventudes e Economia, articulação de jovens brasileiros que busca pautar a Economia Solidária sob a perspectiva da juventude.
 
Dia #2 – Assembleia Nacional do Movimento de Economia Popular Solidária
fotoprinicpal
Durante a manhã e tarde do sábado, a Assembleia Nacional do Movimento de Economia Popular Solidária mobilizou centenas de pessoas em um encontro no palco principal da FEICOOP, com o objetivo de promover uma análise de conjuntura política plural e criar um canal provisório de articulação do movimento.
O canal tem como objetivo lutar pela democracia por meio de um espaço de comunicação e articulação entre entidades, redes, fóruns brasileiros do setor, centrais, cooperativas, centrais sindicais e outros movimentos sociais que reconheçam o manifesto aprovado por consenso ao final da Assembleia (confira o manifesto clicando aqui). O canal ficará aberto para qualquer nova adesão e funcionará de forma autogestionária, com recursos de sua própria composição.
Por meio deste canal, movimentos sociais de Economia Solidária buscarão o diálogo com outros movimentos para lutar contra o golpe e recuperar a democracia e os avanços sociais até então conquistados.
Dia #3 – Avanços e troca de experiências
No domingo, último dia da feira com grande movimentação de visitantes, a Unisol Brasil e a Unisol Rio Grande do Sul promoveram uma roda de conversas sobre avanços do cooperativismo e associativismo e a necessidade de unir forças. Durante a conversa, foram compartilhadas as mudanças realizadas na diretoria da Unisol desde o último congresso, a inserção da juventude, a promoção do protagonismo das mulheres,  a federalização da Unisol Brasil e o fortalecimento da Unicopas.
roda

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM