Unisol Brasil participa de reunião junto a SEDEC Turismo, ROTARY CLUB, SEDER, EMPAER E PRONATUR

No dia 16 de outubro, estiveram reunidos técnicos de várias instituições de ONGS, na Comunidade Engenho Velho, no município de Santo Antônio do Leverger (MT), para retomar o Projeto do RNDC. A reunião foi coordenada por Leoncio Pinheiro, engenheiro agrônomo, do Rotary Club de Mato Grosso.
As instituições presentes foram a EMPAER, a SEDEC-Turismo, a PRONATUR, a UNISOL BRASIL, a Secretária de Estado de Desenvolvimento Regional, a Coordenação das Cadeias Produtivas da Agricultura, a Associação de moradores do Engenho Velho e a Secretaria Municipal de Agricultura.
A comunidade Engenho Velho, localizada no município de Santo Antônio do Leverger, é uma das comunidade tradicionais às margens do Rio Cuiabá, onde a população sobrevive de pesca e agricultura de subsistência, com vendas do excedente da produção. Para retomar o Projeto do RNDC, a discussão foi liderada por Pinheiro, um dos dirigentes do Rotary Club de Mato Grosso.
Cada instituição fez a reafirmação de continuidade nas ações já previstas no Projeto de Desenvolvimento Econômico Sustentável realizado pelo Nucleo Rotary de Desenvolvimento Comunitario Nrdc – Portal do Pantanal – Leverger.
Participantes da reunião. Crédito: Geraldo Lucio.

Participantes da reunião. Crédito: Geraldo Lucio.

O assessor da Unisol Brasil e agente técnico Geraldo Lucio relembrou a participação da SEDEC – Turismo, nos anos de 2012 a 2014 no RNDC, por ocasião em que a secretaria se denominava SEDTUR, no segmento de Turismo Rural. Na ocasião, ele participou ativamente da Comissão Organizadora dos Projetos Econômicos com vistas ao Desenvolvimento Sustentável das Comunidades Rurais de Bocaína, Engenho Velho, Morrinhos e Vereda, no município de Santo Antônio do Leverger.
Nesta período, a UNISOL BRASIL, estava realizando o Projeto Bases de Serviços e o município de Santo Antônio foi um dos participantes e o RNDC passou a ser parte integrante do projeto. Hoje com a retomada, a UNISOL Brasil, por meio do PRONATUR, estará inserindo a Associação dos Moradores do Engenho Velho, da Rede Solidária Mato Grosso, junto com outro empreendimentos solidários, no Projeto Redes em andamento, comenta Lucio.
Segundo o agente técnico da SEDEC Turismo, a secretaria participou da elaboração do Projeto com a definição do segmento do Turismo Rural como prioridade pelos agricultores e do lançamento dos projetos econômicos com vistas ao desenvolvimento das comunidades rurais de Bocaina, Engenho Velho, Morrinhos e Vereda, município de Santo Antônio do Leverger.
Participou ativamente no evento realizado no Salão Paroquial da Comunidade Varginha, com o nome de dia especial, que teve estações de visitação de forma que o público presente, estimado em quase 300 pessoas, puderam passar pelas oito tendas dos projetos. Assim, as pessoas recebiam informações otimizadas em 15 minutos sobre cada projeto e preencheram uma ficha de adesão. O Turismo Rural foi abordado em uma das estações.
Os participantes foram os agricultores familiares das comunidades rurais de Bocaina, Engenho Velho, Morrinhos e Vereda, município de Santo Antônio do Leverger. Estes, em um inventário e diagnóstico realizados pela EMPAER (MT) no núcleo de Desenvolvimento Comunitário Portal Leverger,  tiveram detalhados o interesse de se desenvolver as cadeiras de piscicultura, leite, avicultura, flores tropicais, apicultura, turismo rural, horta doméstica e fruticultura como atividades econômicas.
‘Foi feita uma iniciativa de formatação de produtos turísticos, por ocasião da Copa e que deve ser retomada no sentido de se fazer ajustes e potencializar os projetos definidos naquela ocasião’, ressalta Geraldo.
Fonte: Geraldo Lucio

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM