Unisol Brasil participa do lançamento do Território do Bem Viver “Ademar Bertucci”

A Unisol Brasil participou hoje(15), do ato de lançamento do Território do Bem Viver “Ademar Bertucci”, uma rede de cooperação local para a promoção de práticas de economias solidárias voltadas ao Bem Viver.

O lançamento, organizado pelo Centro de Estudos e Assessoria – CEA, de Brasília, é uma homenagem ao grande mobilizador e formador dos princípios da Economia Solidária no Brasil, Ademar Bertucci, um de seus fundadores, que faleceu há um ano.

“É uma alegria, participar de um lançamento que homenageia esta grande referência da Economia Solidária. Ademar colaborou com ministérios, governos, universidades e organizações sociais ao longo de mais de 50 anos de atuação profissional. Parabéns ao CEA pela iniciativa.”, destaca Leo Pinho, presidente da UNISOL Brasil.

Saiba mais sobre Ademar Bertucci

Paulista, Ademar Bertucci, teve uma trajetória de vida e militância ligada à luta pela democratização do país e ao combate à pobreza. Formado em Economia aos 25 anos na Faculdade Santo André (SP), trabalhou longo período como pesquisador, professor, gestor de políticas públicas no campo do trabalho e assistência social, foi também, gestor de programas e projetos sociais, em especial no campo da economia solidária.

Foi um dos principais animadores e mobilizadores do processo de organização das entidades atuantes neste campo, o que em 2013 culminou na organização dos Fóruns Estaduais e Nacional de Economia Solidária (Fórum Brasileiro de Economia Solidária – FBES) no Fórum Mundial Social que aconteceu em Porto Alegre/ RS. Ainda este processo visou fortalecer a presença destas organizações em espaços de gestão de políticas públicas que visavam consolidar um novo modelo de desenvolvimento fundado na solidariedade, a partir dos pequenos.

Fruto de um processo avaliativo dos Projetos Alternativos Comunitários (PACs) a partir de 1995 nas regionais da Cáritas começaram a surgir mudanças na sua forma de atuação. Numa outra compreensão, os PACs passaram a ser vistos enquanto iniciativas produtivas capazes de promover a geração de renda a seus membros, desenvolvimento social e auto-sustentabilidade.

Sempre muito ativo, na semana anterior ao seu falecimento Ademar participou como palestrante do II Congresso Nacional de Pesquisadores em Economia Solidária (II CONPES) que aconteceu nos dias 26 e 28 de setembro de 2018. Falou sobre o desafio da Economia Solidária no atual contexto.

Com informações do CEA

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM