Unisol Brasil tem presença marcante no segundo dia do Fórum Social das Resistências

Desafios da Ecosol no Brasil e a resistência no Estado Mínimo foram temas de debate em mesas promovidas pela Unisol Brasil/Unicopas
 
O segundo dia de debates do Fórum Social das Resistências, em Porto Alegre, foi marcado pelas Assembleias de Convergências. A Convergência da Economia Solidária colocou em pauta importantes discussões para o cenário da Ecosol no Brasil.
 
A primeira mesa discutiu os desafios da Economia Solidária no Brasil e contou com a participação do MST, representação dos artesãos e das populações tradicionais, o presidente da Unisol e do CNDH Leonardo Pinho e a deputada Federal Maria do Rosário.
 
Pinho afirmou a agenda para transformar a Ecosol em política de governo para uma política de estado como estratégia de desenvolvimento.
 
A necessidade de reanimar a política e afirmar o projeto político da economia solidária levando a autogestão dos empreendimentos para o conjunto da sociedade brasileira foi o destaque na fala da deputada Maria do Rosário.
 
“A Resistência no Estado Mínimo, perda de direitos. Possibilidades e Economia Solidária” foi tema da segunda mesa com a participação de Marcio Pochmann – presidente da Fundação Perseu Abramo e de Nelsa Nespolo, presidenta Unisol RS e Coordenadora da Justa Trama.
A experiência da Justa Trama e da Rede de Bancos Comunitários foi destaque quando Nelsa Nespolo apresentou como a economia solidária tem mantido e fortalecido suas estratégias em Rede.
Marcio Pochmann fez uma análise sobre os ciclos de desenvolvimento do país e destacou a crise estrutural do capital atual com a desestruturação dos direitos dos trabalhadores e a precarização crescente. “A Ecosol pode se apresentar como ‘portadora de futuro’ ao se afirmar como estratégia de desenvolvimento”, ressalta Pochmann.
 
Amanhã (23), serão promovidas as Mesas de Debates com convidados nacionais e internacionais, enquanto as questões elencadas nas assembleias de convergências estarão sendo sistematizadas para apresentação e debate no dia 24 – quando será realizada a Assembleia dos Povos.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM