UNISOL realiza seminário com 300 trabalhadores

A UNISOL Brasil, com apoio do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), realizou entre os dias 12 e 13 de setembro o seminário “Eixos Estratégicos para o Futuro do Sistema Uniforja”, com a participação de aproximadamente 300 cooperados. O encontro foi realizado na sede da Uniforja (Cooperativa Central de Produção Industrial de Trabalhadores em Metalurgia), em Diadema.
O objetivo foi socializar os principais pontos estratégicos debatidos durante um primeiro seminário, em abril deste ano, que reuniu a direção e coordenação, além de buscar, em conjunto com 250 sócios, competências e soluções para a implantação de temas e ações. O evento foi ministrado pelo coordenador geral da UNISOL, Alexandre Antonio da Silva.
De acordo com o presidente da Uniforja, João Luís Trofino, o grande ponto do seminário foi repensar os objetivos da empresa no quesito cooperativista. “Conforme os anos passam o contexto da empresa também sofre mudanças, que exige forma de organização maior”, disse Trofino. Conforme explicou, os seminários, que ao todo são cinco, serão finalizados com os assuntos abordados transformando em ações concretas”, explicou Trofino.
A última etapa do seminário envolvendo os cooperados da Uniforja, Cooperlafe, Coopertratt e Cooperfor, ocorreu no dia 19 de setembro, das 16h às 20h.
Confira o depoimento de alguns trabalhadores que participaram do evento:
“Precisamos debater idéias para saber quais os caminhos que a Uniforja pretende seguir. A empresa precisa crescer cada vez mais, se mantendo em meio à concorrência”.
Evangelista de Souza Teles – coordenador do setor de encanadores, refratário e empilhadeiras da Cooperfor.
“O seminário é para mostrar o que vamos enfrentar futuramente. É um meio de esclarecer a todos. Assim podemos até melhorar propostas que estão por vir”.
Sérgio Marcos Pereira – líder de ferramentaria da Uniforja.
“Participei do primeiro seminário em abril e agora estou representando o grupo no qual fiz parte. Precisamos resgatar a união que perdemos ao longo do tempo, além de pensar em como podemos proporcionar benefícios ao trabalhador para motivá-lo ainda mais”.
Abel Miranda Ferreira – tesoureiro da Coopertratt.
“O seminário é importante para que os trabalhadores possam se informar melhor sobre tudo o que diz respeito ao sistema cooperativista, no qual operamos hoje”.
Fernando Antonio Pires – Frisador Ferramenteiro da Cooperlaf.
“O seminário é uma forma de chamar a atenção para querer progredir, já que lutamos tanto para conquistar o modelo cooperativista de sucesso que temos hoje”.
Marcela do Prado – analista financeiro da Uniforja.
Seminário Uniforja

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM