Unisol se fortalece no Ceará e amplia diálogo com governo estadual

Secretário-geral da Unisol Brasil reuniu-se com o secretário de Desenvolvimento Agrário e visitou cooperativa atendida pela Central
 
Arildo Mota Lopes, secretário-geral da Unisol Brasil, representou nossa Central em importante agenda no Ceará. Acompanhado do assessor Wenderson Gasparotto, Arildo reuniu-se com o secretário Estadual de Desenvolvimento Agrário, Francisco De Assis Diniz, debateu a oficialização da Unisol Ceará e visitou as instalações da Copacaju.
Com o secretário De Assis, a Unisol debateu projetos de interesse comum, ressaltou o trabalho realizado com os empreendimentos filiados no estado e apresentou o plano de ação da entidade. Por sua vez, o secretário destacou a aprovação de financiamento do Banco Mundial para a execução da quarta fase de importante política pública de fomento da agricultura familiar: o Projeto São José IV. Serão investidos cerca de R$ 600 milhões em ações voltadas à inclusão produtiva, assistência técnica e sistemas de abastecimento d´água.
 
 
 
Depois, na companhia do secretário, Arildo Mota realizou visita de monitoramento e avaliação à Copacaju – Cooperativa Agroindustrial do Caju, entidade atendida pela Unisol através do Projeto Redes. A Copacaju nasceu baseada em modelo desenvolvido pela EMBRAPA, que contemplou a implantação de uma Cooperativa Central para atuar como uma instância receptora da castanha beneficiada, ou seja, da amêndoa. Foi fundada no ano de 2007, estando sediada no distrito industrial da cidade de Pacajus. O ciclo operacional ocorre a partir do beneficiamento da castanha de caju em mini fábricas ligadas às cooperativas singulares e possibilita que pequenos produtores, antes apenas vendedores de castanha, se tornem gestores de seus próprios negócios. Esse processo de beneficiamento e comercialização prevê a exploração de nichos de mercado diferentes das grandes indústrias, pois as amêndoas geradas apresentam características diferenciadas nos atributos de cor, tamanho e integridade. O produto despertou interesse do mercado chinês, que deve iniciar a importação ainda este ano.
 
INTERCÂMBIO
 
Já na sexta-feira, 22, o secretário De Assis Diniz retribuiu a visita e conheceu o trabalho desenvolvido pela Coopercentral, na cidade de Santo André, ABC Paulista. Visitou, também, a Orgânicos ABC.

Publicar um comentário

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM